<
>

UFC 259: Brasileiro é nocauteado, mas se irrita em final caótico e atira protetor bucal em 'parceiro' de Adesanya

O frenético card preliminar do UFC 259 teve uma luta completamente caótica! O neozelandês Kai Kara-France, parceiro de treinos de Israel Adesanya, esteve muito perto de ser finalizado, mas renasceu das cinzas e conseguiu um nocaute brutal no final do primeiro round que deixou o brasileiro Rogério Bontorim caído de cara no chão.

Para deixar ainda mais caótico, Herb Dean fez mais uma lambança e deixou os dois irritados – com direito até a arremesso de protetor bucal de Bontorim em France.

O brasileiro começou muito melhor no confronto. Conseguiu impor o seu jogo e chegou a encaixar dois mata-leões. Em um deles, no chão, conseguiu uma posição quase perfeita, mas acabou não conseguindo finalizar quase por um milagre.

Ele estava com o primeiro round na mão até os 15 segundos finais. France, porém, encaixou um direto de direita que derrubou Bontorim imediatamente com a cara no chão. Enquanto o neo-zelandês já comemorava, o brasileiro até tentou se levantar, mas estava completamente grogue. Herb Dean interrompeu a luta, mas sem muita veemência e sem fazer o sinal de que a luta estava encerrada. Preocupado com a possível continuação do combate, France ainda chegou a voltar para bater mais em Bontorim.

O árbitro até impediu que isso acontecesse, mas o brasileiro se irritou bastante com a movimentação e chegou a jogar o protetor bucal no adversário.

Nada, porém, que mudasse o resultado final.

Veja todos os resultados do UFC 259:

CARD PRINCIPAL

Jan Blachowicz (POL) venceu Israel Adesanya (NZL) na decisão unânime dos jurados (49-46, 49-45, 49-45) – cinturão dos meio-pesados)
Amanda Nunes (BRA) finalizou Megan Anderson (AUS) com uma chave de braço aos 2:03 do 1º round – cinturão feminino dos penas
Aljamain Sterling (EUA) venceu Petr Yan (RUS) por desclassificação devido a uma joelhada ilegal – cinturão dos galos
Islam Makhachev (RUS) finalizou Drew Dober (EUA) com um triângulo de mão a 1:37 do 3º round – leves
Aleksandar Rakic (AUT) venceu Thiago Marreta (BRA) na decisão unânime dos jurados (29-28, 29-28 e 30-27) – meio-pesados

CARD PRELIMINAR

Dominick Cruz (EUA) venceu Casey Kenney (EUA) na decisão dividida dos jurados (28-29, 29-28 e 30-27) – galos
Kyler Phillips (EUA) venceu Song Yadong (CHN) na decisão unânime dos jurados (29-28, 29-28 e 29-28) – galos
Askar Askarov (RUS) venceu Joseph Benavidez (EUA) na decisão unânime dos jurados (30-27, 30-27 e 30-26) – moscas
Kai Kara-France (NZL) nocauteou Rogério Bontorim (BRA) aos 4:55 do 1º round – moscas
Timothy Elliott (EUA) venceu Jordan Espinosa (EUA) na decisão unânime dos jurados (30-27, 30-27 e 30-25) – moscas
Kennedy Nzechukwu (NIG) nocauteou Carlos Ulberg (NZL) aos 3:19 do 2º round – meio-pesados
Sean Brady (EUA) finalizou Jake Matthews (AUS) com um katagatame aos 3:28 do 3º round – meio-médios
Amanda Lemos (BRA) nocauteou Livinha Souza (BRA) aos 3:39 do 1º round – palhas feminino
Uros Medic (SER) nocauteou Aalon Cruz (EUA) a 1:40 do 1º round – leves
Trevin Jones (GUM) nocauteou Mario Bautista (EUA) a 0:47 do 2º round – galos