<
>

UFC 259: Nigeriano destrói amigo de Adesanya com nocaute brutal e leva Joe Rogan ao delírio

play
UFC - A maior de todos os tempos: veja como Amanda Nunes esmaga quem tenta roubar seus cinturões (1:14)

Nesse sábado, brasileira vai para sua 9ª luta seguida valendo título (1:14)

Um nocaute espetacular foi um dos destaques do card preliminar do UFC 259! Kennedy Nzechukwu, da Nigéria, derrubou Carlos Ulberg, da Nova Zelândia, com um nocaute técnico a 3:19 do 2º round que enlouqueceu Joe Rogan.

Além do nocaute, Nzechukwu conseguiu uma virada incrível. O primeiro round foi completamente favorável a Ulberg, que ficou perto de um 10 a 8 e também de nocautear ainda nos primeiros cinco minutos. O nigeriano, porém, sobreviveu e mudou a história da luta no 2º round.

Ulberg começou melhor novamente, mas Nzechukwu se acertou, começou a dominar e uma sequência absurda de socos na reta final do segundo round colocou Ulberg no chão, aonde mais uma combinação de socos na cara do neozelandês fez o árbitro encerrar a luta e levou Joe Rogan à loucura.

Com a vitória do nigeriano, o "sonho" de Adesanya de completar o "tricampeonato" com os dois lutadores de sua academia - e o próprio - vencendo no UFC 259 foi interrompido logo na primeira luta.

Veja todos os resultados do UFC 259:

CARD PRINCIPAL

Jan Blachowicz (POL) venceu Israel Adesanya (NZL) na decisão unânime dos jurados (49-46, 49-45, 49-45) – cinturão dos meio-pesados)
Amanda Nunes (BRA) finalizou Megan Anderson (AUS) com uma chave de braço aos 2:03 do 1º round – cinturão feminino dos penas
Aljamain Sterling (EUA) venceu Petr Yan (RUS) por desclassificação devido a uma joelhada ilegal – cinturão dos galos
Islam Makhachev (RUS) finalizou Drew Dober (EUA) com um triângulo de mão a 1:37 do 3º round – leves
Aleksandar Rakic (AUT) venceu Thiago Marreta (BRA) na decisão unânime dos jurados (29-28, 29-28 e 30-27) – meio-pesados

CARD PRELIMINAR

Dominick Cruz (EUA) venceu Casey Kenney (EUA) na decisão dividida dos jurados (28-29, 29-28 e 30-27) – galos
Kyler Phillips (EUA) venceu Song Yadong (CHN) na decisão unânime dos jurados (29-28, 29-28 e 29-28) – galos
Askar Askarov (RUS) venceu Joseph Benavidez (EUA) na decisão unânime dos jurados (30-27, 30-27 e 30-26) – moscas
Kai Kara-France (NZL) nocauteou Rogério Bontorim (BRA) aos 4:55 do 1º round – moscas
Timothy Elliott (EUA) venceu Jordan Espinosa (EUA) na decisão unânime dos jurados (30-27, 30-27 e 30-25) – moscas
Kennedy Nzechukwu (NIG) nocauteou Carlos Ulberg (NZL) aos 3:19 do 2º round – meio-pesados
Sean Brady (EUA) finalizou Jake Matthews (AUS) com um katagatame aos 3:28 do 3º round – meio-médios
Amanda Lemos (BRA) nocauteou Livinha Souza (BRA) aos 3:39 do 1º round – palhas feminino
Uros Medic (SER) nocauteou Aalon Cruz (EUA) a 1:40 do 1º round – leves
Trevin Jones (GUM) nocauteou Mario Bautista (EUA) a 0:47 do 2º round – galos