<
>

Manchester United: Fred fala sobre seleção brasileira, Rashford e Bruno Fernandes em entrevista exclusiva

play
Sonha com nova convocação? Sem ser chamado desde 2018, Fred responde sobre seleção brasileira (1:43)

'Não ser convocado também faz parte do futebol', disse o meio-campista do Manchester United (1:43)

Vindo de uma vitória por 5 a 0 sobre o RB Leipzig e vivendo um ano em que renovou as esperanças de seus torcedores, o Manchester United tem no seu meio de campo um dos motivos para o seu bom 2020.

O nome mais emblemático desta recuperação é certamente o de Bruno Fernandes, que soma 16 gols e 12 assistências nos 30 jogos que fez desde que foi contratado em janeiro.

“É um jogador que chegou e chamou a responsabilidade. É um grande jogador, todo mundo viu. E fora de campo é uma pessoa sensacional, um líder na nossa equipe. É também que fala a mesma língua, então estamos sempre juntos, agora chegou o Alex (Telles) também para ajudar”, disse o volante Fred em entrevista exclusiva a João Castelo-Branco, repórter dos canais ESPN.

“É um cara que torço muito por ele, espero que seja um grande jogador tanto aqui no United quanto na seleção portuguesa.”

play
1:02

No Manchester United, Fred elogia Bruno Fernandes: 'Chegou e chamou a responsabilidade'

'É um grande jogador e, fora de campo, é um cara sensacional. E ainda fala a mesma língua', disse o meio-campista brasileiro

Além de Bruno Fernandes, o United ainda conta com o recém-contratado Donny van de Beek e Paul Pogba, mas os elogios vão também a outro nome menos badalado do setor: Scott McTominay, que aos 23 anos soma quase 100 partidas pelo clube. "É um jovem jogador que parece ter uma experiência gigantesca, é um cara que está sempre trabalhando firme".

O brasileiro também guardou elogios a Marcus Rashford, que vem de um hat-trick saindo do banco contra o RB Leipzig e vive um momento especial na carreira. Com contrato renovado em julho de 2019, o atacante de 22 anos firmou-se como uma das referências no elenco e somou 29 gols e dez assistências em 53 partidas desde então.

Além disso, Rashford tem se mostrado um craque também fora das quatro linhas. Em junho, ele usou sua voz e teve influência para que o governo mantivesse um vale alimentação que havia criado para crianças carentes que dependiam das refeições escolares.

“Ele vem fazendo um grande trabalho dentro de campo, e fora de campo maior ainda. Eu particularmente acompanho muito, é um trabalho sensacional que ele vem fazendo. Muitos de nós, jogadores, vêm de baixo, alguns acabam passando fome, outros não. Ele vem engajado em ajudar as crianças, é importantíssimo, fico muito feliz com isso. Tiro o chapéu para ele, tão jovem, mas com uma cabeça tão madura”, afirmou o volante.

play
3:19

Fred enaltece Rashford: 'Vem fazendo um grande trabalho dentro de campo e um maior ainda fora dele'

O meio-campista brasileiro exaltou o engajamento do atacante inglês: 'Tiro o meu chapéu para ele. Tão jovem e tão maduro'

Entre os tantos jogadores em alto do Manchester United está o próprio Fred, que, após uma temporada de adaptação, teve grande desempenho em 2019-20 e o manteve, apesar da forte concorrência no setor. Não à toa, ele foi titular nas últimas quatro partidas do time comandado por Ole Gunnar Solskjaer.

O bom desempenho faz o volante de 27 anos sonhar em um retorno à seleção brasileira? Com 11 partidas com a camisa verde-amarela no currículo, ele não é chamado desde outubro de 2018.

"Quando tem convocação, é óbvio, a gente uma expectativa muito grande, é sempre uma honra servir nossa seleção brasileira", declarou. "Tem uma competição muito grande no meio de campo, grandes jogadores, uma geração que está vindo..."

Enquanto não tem a seleção brasileira, Fred comemora o crescimento da legião brasileira em Manchester, que contava com os conterrâneos do rival City, e agora tem a companhia também do lateral-esquerdo Alex Telles, contratado junto ao Porto.

“Fora de campo vai nos ajudar muito, mais um brasileiro aqui em Manchester, temos uma legião aqui, isso é bacana, independentemente de sermos de equipes diferentes, rivalidade é só dentro de campo, fora de campo procuramos sempre estarmos juntos”, disse Fred, que também destacou a qualidade do defensor dentro dos gramados.

Uma legião brasileira também será a tônica do próximo compromisso do Manchester United, já que a equipe receberá o Arsenal, de David Luiz, Gabriel Magalhães, Willian e do lesionado Gabriel Martinelli, além do coordenador técnico Edu Gaspar. O clássico em Old Trafford irá ocorrer às 13h30 (de Brasília), com transmissão da ESPN Brasil e ESPN App.