<
>

UFC 251: Usman 'acaba com a graça' de Masvidal, amassa 'homem mais durão do mundo' e mantém cinturão

play
UFC 251: de campeão dos penas para desafiante dos galos, veja como Aldo se transformou para buscar outro cinturão (0:42)

Brasileiro enfrenta Petr Yan, neste sábado, disputando o título da categoria (0:42)

Kamaru Usman 'acabou com a graça' de Jorge Masvidal e segue campeão meio-médio do UFC. Na Ilha da Luta, o nigeriano não deu chances para o azar e fez o que sabe fazer de melhor: amassou o adversário. Dominou quase que do começo ao fim e manteve o título na decisão unânime dos jurados (50-45, 50-45 e 49-46).

Masvidal aceitou a luta com apenas 6 dias de antecedência, após o brasileiro Gilbert Durinho testar positivo para COVID-19. Ele tinha se tornado uma celebridade instantânea após conseguiu o nocaute mais rápido da história do UFC e ainda vinha com a fama de 'homem mais durão' do mundo depois de conquistar o cinturão simbólico BMF em duelo diante de Nate Diaz.

A fama, claro, só aumentou pela coragem de pegar tamanho desafio.

Mas isso acabou logo após o primeiro round. O norte-americano até começou bem, mas não conseguiu segurar o ritmo e sucumbiu à enorme pressão de Usman, que começou a amassar o rival contra as grades e abusar das quedas.

Melhor para Gilbert Durinho!

O brasileiro, que era o desafiante original, já sabia que teria mais chances de manter o posto se Masvidal não "bagunçasse" a categoria - uma vitória dele poderia coloca Conor McGregor e até Diaz na fila pelo cinturão.

Veja todos os resultados do UFC 251

CARD PRINCIPAL

Kamaru Usman (NIG) venceu Jorge Masvidal (EUA) na decisão unânime dos jurados (50-45, 50-45 e 49-46) - pelo cinturão dos meio-médios
Alexander Volkanovski (AUS) venceu Max Holloway (EUA) na decisão dividida dos jurados (47-48, 48-47 e 48-47) - pelo cinturão dos penas
Petr Yan (RUS) nocauteou José Aldo (BRA) aos 3:24 do 5º round - pelo cinturão dos galos
Rose Namajunas (EUA) venceu Jéssica Bate-Estaca (BRA) na decisão divida dos jurados (29-28, 28-29 e 29-28) - palha feminino
Amanda Ribas (BRA) finalizou Paige VanZant (EUA) com uma chave de braço aos 2:21 do 1º round - moscas feminino

CARD PRELIMINAR

Jiri Prochazka (TCH) nocauteou Volkan Oezdemir (SUI) a 0:49 do 2º round - meio-pesados
Muslim Salikhov (RUS) venceu Elizeu Capoeira (BRA) na decisão dividida dos jurados (30-27, 28-29 e 29-28) - meio-médios
Makwan Amirkhani (FIN) finalizou Danny Henry (ESC) com um triângulo de mão aos 3:15 do 1º round - penas

Léo Santos (BRA) venceu Roman Bogatov (RUS) na decisão unânime dos jurados (29-26, 29-26 e 29-26) - leves
Marcin Tybura (POL) venceu Maxim Grishin (RUS) na decisão unânime dos jurados (30-37, 30-27 e 30-26) - pesados
Raulian Paiva* (BRA) venceu Zhalgas Zhumagulov (CAZ) na decisão unânime dos jurados (29-28, 29-28 e 29-28) - moscas
Karol Rosa (BRA) venceu Vanessa Melo* (BRA) na decisão unânime dos jurados (30-26, 30-26 e 30-27) - galos

Davey Grant (ING) nocauteou Martin Day (EUA) aos 2:38 do 3º round - galos

* Lutadores que não bateram o peso