<
>

Guia do Brasileirão 2021: Atlético-GO chega sob novo comando para tentar repetir vaga continental; veja Cotação ESPN-FOX

play
Quem vai vencer o Campeonato Brasileiro? Comentaristas da ESPN dão seus palpites (1:46)

Bruno Vicari, Pedro Ivo Almeida, João Guilherme, Zé Elias, Osvaldo Pascoal, Leonardo Bertozzi e Paulo Andrade deram seus palpites para o torneio (1:46)

ATLÉTICO-GO - Cotação ESPN-FOX: 16º lugar


| VOLTAR PARA PÁGINA PRINCIPAL |

O ano do Atlético-GO estava perfeito. Classificado na Copa do Brasil, líder do grupo na Sul-Americana e sobrando no campeonato estadual.

O mês de maio, porém, foi cruel. O time acabou eliminado surpreendentemente na semifinal do Goiano diante do Grêmio Anápolis, empatou em casa com o Palestino (CHI), viu a saída do técnico Jorginho e acabou eliminado na Sul-Americana.

O clima, porém, não é exatamente de terra arrasada. O entendimento do clube é que a participação no torneio foi continental foi bastante positiva, uma experiência inédita na história.

Há agora algumas lições de casa a serem feitas - e rapidamente, de preferência. A primeira delas era definir um treinador, e o clube já fez isso ao anunciar Eduardo Barroca nesta quinta-feira.

A segunda é corrigir um problema que custou bem caro no começo de ano: o ataque. O time tomou apenas oito gols em 22 partidas até agora, mas também fez "só" 27 - e os três empates sem gols na Sul-Americana foram os que acabaram custando a vaga nas oitavas de final.

O Atlético-GO entra no Campeonato Brasileiro de novo com o primeiro objetivo de evitar o rebaixamento. Mas já tem a experiência da temporada passada de que pode sonhar com algo mais e chegar mais uma vez em um torneio continental.

| 22 JOGOS | 15 VITÓRIAS | 6 EMPATES | 1 DERROTA - 77,2% DE APROVEITAMENTO |

  • Campeonato Goiano: eliminado nas semifinais pelo Grêmio Anápolis

  • Copa do Brasil: classificado para a 3ª fase (pega o Corinthians)

  • Copa Sul-Americana: eliminado na fase de grupos (2º na chave com Libertad-PAR, Newell's-ARG e Palestino-CHI)


Calendário, foco e elenco

O Atlético-GO começou o ano disputando três competições e chega ao Brasileirão como um dos times que mais jogou até agora. A eliminação na Sul-Americana, porém, traz o "ponto positivo" de diminuir o ritmo de partidas daqui para frente.

A Copa do Brasil será um fator para dividir as atenção, graças aos prêmios bons da competição para cada fase.

E o elenco enxuto pode ser um problema se o Atlético-GO resolver dividir as atenções.


ESTREIA

CORINTHIANS x ATLÉTICO-GO

Domingo (30), às 18h15, na Neo Química Arena


O CRAQUE

FERNANDO MIGUEL - GOLEIRO

  • 12 jogos e 3 gol sofridos no ano


O TÉCNICO

EDUARDO BARROCA