<
>

Champions: 'Algoz' do Real Madrid, Tetê revela orientação especial do treinador do Shakhtar

play
Goleada do Bayern, derrota do Real, virada do City e mais: os jogos da quarta-feira de Champions League (1:37)

Atalanta, Liverpool, Shakhtar, Bayern, City e Olympiacos levaram os três pontos na 1ª rodada da fase de grupos da competição (1:37)

O Shakhtar Donetsk conseguiu um feito histórico nesta quarta-feira (21 de outubro) ao bater o Real Madrid por 3 a 2 no estádio Alfredo Di Stefano, na Champions League. E um dos protagonistas da partida foi o brasileiro Tetê, que, além de marcar o primeiro gol, teve participação decisiva no segundo e deu a assistência para o terceiro.

Em entrevista exclusiva ao ESPN.com.br, o jovem de 20 anos destacou a alegria de ter tido participação importante na vitória e ainda destacou que gosta de atuar em jogos grandes, lembrando a partida da última temporada com o Manchester City.

“Para mim, foi muito gratificante. Conseguir marcar um gol, dar uma assistência de calcanhar. Fico muito feliz de ajudar a equipe, sendo ativo, fazendo gol, dando assistência. Agora, é focar que terça-feira tem outra batalha”, disse o atleta.

“Muito gratificante ser protagonista do jogo contra o City e hoje ser o melhor em campo contra o Real Madrid. Fico muito feliz. Grandes jogadores gostam de jogar grandes jogos, e comigo não é diferente. Fico muito feliz, sempre tenho um ânimo a mais para jogar grandes jogos e, graças a Deus, pudemos sair com a vitória daqui de Madri”, apontou.

Uma das características notadas na equipe do Shakhtar durante a vitória em cima do Real Madrid foi a forma como a equipe explorou jogadas nas costas dos defensores. Tetê revelou que isso não foi coincidência e o treinador Luís Miguel bateu muito na tecla durante a preparação para o duelo.

“Foi falado na preleção antes do jogo que poderíamos ter bastante eficiência nas costas do Real Madrid. Treinador falou bastante e conseguimos colocar em prática. Graças a Deus deu tudo certo”, afirmou.

Um dos jogadores que estiveram mais próximos da marcação de Tetê durante a partida foi Marcelo. O atacante falou sobre a sensação de ter enfrentado um atleta do tamanho do lateral.

”Enfrentar o Marcelo foi muito bom, é um jogador de alta qualidade, de Seleção Brasileira. Um jogador de grande história sempre é inspiração, de uma forma ou de outra. Fiquei muito feliz e vou seguir trabalhando”, finalizou.

Na próxima rodada, que será disputada já na terça-feira (27 de outubro), o Shakhtar jogará dentro de sua casa contra a Inter de Milão, adversária dos ucranianos na semifinal da Europa League da última temporada.