<
>

Vinicius Jr fala do Flamengo, diz que pediu para Zidane ensiná-lo a finalizar e comenta críticas: 'Opinião dos repórteres muda muito rápido'

O Flamengo pode conquistar seu primeiro título do ano neste domingo, quando enfrenta o Athletico-PR pela Supercopa do Brasil, em Brasília, no Mané Garrincha. E se depender de Vinicius Jr., essa será a primeira de muitas conquistas em 2020.

“Espero que vá ganhar muitos títulos este ano, mais do que no ano passado”, disse o atacante do Real Madrid em entrevista publicada pelo Esporte Interativo na última quinta-feira.

“Agora o time está mais entrosado, tem mais jogadores no elenco. Fico feliz que o Flamengo possa seguir ganhando por muitos anos e virar sempre no topo, melhor que todos”, completou o atleta.

Há cerca de um ano e meio atuando na Europa, o brasileiro falou também sobre outros destaques rubro-negros e opinou que existe lugar para eles no Velho Continente.

“Acho que tem espaço para todo mundo. O Bruno Henrique e o Gabigol já jogaram na Europa, já sabem como é. Tem espaço para todo mundo, tem muitos times na Europa, não são só os ‘tops’. Então tem espaço para todos”, afirmou ele.

Pedido de ajuda a Zidane nas finalizações

É consenso entre os torcedores do Real Madrid que há um ponto no qual Vinicius Jr precisa focar em sua evolução: a finalização. E o próprio jogador sabe disso.

“Tenho 19 anos, sempre estou melhorando. O Karim (Benzema), os jogadores mais experientes que fazem gol sempre estão me ajudando para eu ter a tranquilidade. Quando eu começar a fazer gol, vou fazer muitos gols, igual todos os pontas fazem. Mas eu sempre tiro o Sterling como exemplo, que na minha idade era a mesma coisa e não fazia tantos gols. E nessa temporada ele já tem 15 ou 16 gols, na temporada passada fez 30”, disse o brasileiro.

Vinicius Jr confirmou na entrevista ao Esporte Interativo que faz trabalhos específicos de finalização com uma ajudinha de luxo: Zinedine Zidane.

“Pedi a ele para me ensinar, para eu evoluir o mais rápido possível, que aqui no Real Madrid a cobrança vem muito rápido”, contou Vinicius. “Zidane sempre me pega e sempre me ajuda”, explicou.

Críticas da imprensa

Depois de um início meteórico na última temporada, Vinicius Jr. viveu momentos difíceis no início da atual época. Chegou a perder confiança e foi muito criticado pela imprensa espanhola – algo que não o afetou.

“Não vejo nem quando estou mal, nem quando estou bem. Mas uma coisa ou outra acaba passando e se vê. Se falam bem, se falam mal... Eu vejo o que as pessoas que querem meu bem me falam. O pessoal do clube, minha família e meus amigos”, comentou Vinicius Jr.

“É sempre pesada (a crítica), mas os repórteres mudam de opinião muito rápido, então fico tranquilo. Em novembro eu era um dos piores jogadores, e hoje já vira um dos mais importantes da temporada, então fico tranquilo”, declarou.