<
>

Neymar, sobre 1º jogo após denúncia: 'Uma das partidas mais difíceis da minha carreira, se não for a mais'

Neymar usou as redes sociais para se manifestar antes do amistoso entre Brasil x Catar no Mané Garrincha, em Brasília, nesta quarta-feira, o primeiro do atacante desde que foi acusado de estupro.

Ele agradeceu o apoio dos fãs e também falou que o duelo será “uma das partidas mais difíceis” de sua carreira.

“Só quero agradecer a Deus, minha família, meus amigos e todos aqueles que mandaram mensagens positivas para que eu pudesse me manter equilibrado e focado, nunca me senti tão amado por vocês, obrigado”, escreveu.

“Hoje tenho uma das partidas mais difíceis da minha carreira, se não for a mais (pelas circunstâncias). ‘A alegria do senhor é a nossa força’”, completou.

Entenda o caso

Neymar foi acusado de estupro por uma mulher cuja identidade foi preservada pela polícia. Ela registrou boletim de ocorrência na sexta-feira (31), revelado pelo ESPN.com.br no sábado 1º de junho, na 6ª Delegacia de Polícia de Defesa da Mulher, em São Paulo.

Segundo o documento, ela alegou ter conhecido o jogador de Paris Saint-Germain e seleção brasileira nas redes sociais. E no dia 12 de maio, um assessor identificado como Gallo entrou em contato fornecendo passagens e hospedagem para ela viajar para Paris, na França. Ela afirmou ter embarcado no dia 14 e chego no dia 15.

A mulher também relatou que ficou no Hotel Sofitel Paris Arc Du Triumphe e recebeu o atleta de 27 anos por volta de 20h locais do dia 15. Segundo ela, o jogador chegou “aparentemente embriagado”. “Começaram a conversar, trocaram carícias, porém, em determinado momento, Neymar se tornou agressivo e, mediante violência, praticou relação sexual.”

Tanto Neymar, por meio de vídeo em uma rede social – que depois o tirou do ar - na qual expôs as conversas com a mulher, quanto seu pai, Neymar da Silva Santos, em duas entrevistas à TV Bandeirantes, uma por telefone e a outra participando ao vivo de um programa, negam que tenha havido estupro. Eles confirmam que houve relação sexual, mas que a mesma foi consensual.