<
>

Neymar pai diz que acusadora gravou momentos com Neymar e o agrediu: 'Nós sabemos que ela tem uma imagem'

play
Tite sobre caso Neymar: 'O assunto é pessoal... E eu não vou me permitir julgar os fatos!' (0:40)

Durante entrevista coletiva, técnico da seleção brasileira respondeu perguntas da imprensa com relação as recentes denúncias contra Neymar (0:40)

Neymar da Silva Santos, pai do jogador Neymar, afirmou saber da existência de um vídeo feito pela mulher que acusa o atacante de Paris Saint-Germain e seleção brasileira de estuprá-la e também disse que a suposta vítima agrediu o atleta.

“Nós sabemos que ela tem uma imagem. Seria importante ela soltar esse vídeo. Ela mandou coisas para o Neymar dizendo que tem esse vídeo”, afirmou o pai do atleta durante participação, no estúdio, no programa Aqui na Band, da TV Bandeirantes, na manhã desta segunda-feira (3).

Segundo Neymar pai, o jogador de 27 anos que é acusado de estupro percebeu uma tentativa de gravação por parte da acusadora quando ambos se encontraram em Paris, na França.

“Quando ele vai para o hotel novamente, ele percebe isso, e ele olha o celular dela em pé, na parede, como se estivesse carregando. Ele percebe que ela estava filmando”, disse.

O pai também afirmou que Neymar tentou fazer uma gravação, mas acabou se atrapalhando com o aparelho e não teve sucesso.

“Ele foi para o segundo dia e percebeu que ela estava com o celular. Então, ela começa a agredir ele. Ele tenta acalmá-la, porque está dentro do hotel e isso ia criar uma confusão. Ele sabendo disso tudo, consegue acalmá-la, sai do hotel e emite a passagem de volta”, disse.

Neymar da Silva Santos afirmou, ainda, que a mulher sentia que o jogador “não estava dando importância” para ela, mesmo sabendo que ele teria outras coisas para resolver.

ASSISTA, abaixo, ao video que Neymar postou se defendendo e que o Instagram apagou

Pai na TV aberta de novo

É a segunda aparição de Neymar pai em um programa da mesma emissora para falar sobre o caso.

No sábado, logo após a notícia da acusção de estupro ter sido dada pelo portal UOL e o ESPN.com.br revelar, na sequência, cópia do boletim de ocorrência registrado pela suposta vítima em uma delegacia da zona Sul de São Paulo, ele entrou por telefone, ao vivo, no Brasil Urgente.

Entre outras coisas que disse ao jornalista e apresentador José Luiz Datena, ele negou o estupro, acusou advogados da acusadora de tentativa de extorsão e atacou: "A gente não vai perdoar desta vez!".