<
>

Espanha: Koke critica demissão do técnico Julen Lopetegui em meio à Copa: 'Se foi o nosso líder'

play
Copa do Mundo: Espanha perde nos pênaltis para a Rússia e tristeza toma conta dos torcedores (0:40)

De favorita ao título a eliminada: time de Fernando Hierro está fora do Mundial (0:40)

Após a derrota nos pênaltis para a Rússia, que eliminou a favorita Espanha ainda nas oitavas de final da Copa do Mundo 2018, o volante Koke foi sincero e criticou a demissão do técnico Julen Lopetegui às vésperas da estreia no Mundial da Rússia.

Lopetegui viu vazar seu acerto com o Real Madrid, o que enfureceu o presidente da RFEF (Real Federação Espanhola de Futebol), Luis Rubiales, que optou por mandar o comandante embora, mesmo com os jogadores sendo contra.

"A situação de Lopetegui não nos mudou muito, pois ainda sabíamos que teríamos que dar tudo de nós. Mas a verdade é que se foi o nosso líder", afirmou o meio-campista do Atlético de Madri.

Koke, que perdeu um dos pênaltis na decisão em que La Roja saiu derrotada, ainda elogiou o esforço do interino Fernando Hierro.

"Hierro fez o melhor que pode, e a gente tentou responder da melhor maneira possível às suas ideias. Infelizmente, não deu certo", lamentou.

"Nós não esperávamos isso. O time fez uma grande partida, com exceção de um detalhe ou outro, mas não merecíamos isso. Não tivemos forte nos pênaltis', completou.

Koke também preferiu não opinar sobre quem quer como próximo treinador da Espanha - em sua coletiva pós-jogo, Hierro falou praticamente em tom de despedida, deixando quase certo que irá sair do cargo.

No entanto, deixou claro que prefere que o técnico mantenha a filosofia tiki taka à qual os ibéricos estão acostumados.

"Não sei se Hierro seguirá ou virá outro que queira implantar um estilo diferente. A seleção sempre esteve cômoda com essa identidade. Pessoalmente, prefiro que esse estilo não se perca", salientou.