<
>

Seleção: Sincero e engraçado, David Neres reconhece peso da Champions e diz que ida para China teria minado chances de convocação

play
Especulado na China no começo do ano, Neres afirma: 'Acho que se tivesse ido, não estaria aqui' (0:38)

Atacante teve propostas para ir ao futebol chinês em janeiro, mas decidiu seguir no Ajax (0:38)

Em dua primeira convocação para a seleção brasileira, o ex-são-paulino David Neres mostrou certa timidez com a toda a atenção recebida.

Parecendo assustado, o atacante do Ajax alternava um semblante assustado com risadas, diante das perguntas. Mas respondeu com sinceridade, o que acabou também arrancando risos dos jornalistas.

Indagado, por exemplo, se a máscara de proteção usada por Miranda o lembrava de algo, ele foi direto: "Lembra que ele quebrou o nariz".

Quando perguntaram a ele se ele aguardou muito pela convocação para a seleção, ele foi direto: "Não foi muito, não".

Ele também foi questionado se acreditava que a ótima atuação contra o Real Madrid, na semana retrasada, que acabou eliminando o poderoso clube espanhol da Uefa Champions League fez diferença na lembrança de Tite, ele não se fez de rogado:

"Com certeza, traz muita visibilidade. A Champions é uma competição com muita visibilidade e ainda mais porque eliminamos o Real Madrid".

Na mesma linha "sincerão" ele também foi bem direto quanto a dizer que achava que não estaria na seleção caso tivesse ido para China no início do ano.

"Eu acho que não estaria".

Segundo informações publicadas pelo jornal holandês De Telegraaf em 5 de janeiro, o Ajax teria recebido uma proposta de 30 milhões de euros (R$ 126,9 milhões) do Guangzhou Evergrande pelo atacante de 21 anos.

Que, para sorte de Neres, ao menos no que diz respeito à lembrança do técnico da seleção, segundo o próprio jogador, não se concretizou.