<
>

Rei da polêmica na NFL, Antonio Brown publica carta em que é multado pelos Raiders e reclama: 'Quando até seu time é contra...'

play
Derek Carr, dos Raiders, sobre confiança em Gruden e ambição na NFL: 'Quero deixar um legado aqui' (3:50)

Quarterback da equipe de Oakland acredita em 'novo começo' proposto pelo técnico (3:50)

Estrela do Oakland Raiders na NFL, o wide receiver Antonio Brown voltou a se envolver em polêmica nesta quarta-feira. Ele publicou, em rede social, uma foto com a carta que recebeu do time, detalhando 54 mil dólares (R$ 221 mil) em multas por faltar aos treinos de pré-temporada.

Na imagem, Brown respondeu dizendo: "Todo mundo vai precisar pagar neste ano".

A carta, publicada no Instagram do jogador, era do general manager Mike Mayock, que informou uma multa de 13.950 dólares (R$ 57.330) por uma ausência em 22 de agosto. O texto também indica que ele já havia sido multado em outros 40 mil dólares (R$ 164.388) por faltar aos treinos de 18 de agosto.

"Quando até seu time é contra... mas nada vai me parar agora. Estamos entendidos", escreveu o camisa 84.

Na carta, Mayock também aconselha Brown a não faltar mais em atividades oficiais do time, inclusive dos jogos, afirmando que os Raiders têm o direito de impor novas punições.

Brown chegou aos Raiders em março, quando o time deu uma escolha de terceira rodada e uma de quinta ao Pittsburgh Steelers por ele. Ele participou das atividades de offseason, mas foi afastado depois de uma lesão bizarra em seus pés: um congelamento da pele após tratamento em câmara de crioterapia, na França, sem o uso de sapatos adequados.

Ele ficou ausente por duas semanas durante tratamento.

Depois, Brown se irritou com a liga por não poder usar seu modelo preferido de capacetes - que não é mais certificado pela NFL. Ele apelou duas vezes ao caso, mas levou a pior e, agora, ainda está escolhendo entre as opções apresentadas pela liga.