<
>

Michael Jordan já trocou jogador dos Wizards por provocá-lo: 'Você não consegue me marcar com esse joelho velho'

O documentário "The Last Dance", produzido pela ESPN dos Estados Unidos que retrata a dinastia do Chicago Bulls nos anos 90, mostra o lado ultracompetitivo de Michael Jordan. E o ex-jogador do Washington Wizards Richard Hamilton, campeão da NBA pelo Detroit Pistons em 2004, lembrou de um episódio que levou essa característica a outro nível.

Depois de se aposentar pela segunda vez dos Bulls, Jordan comprou ações dos Wizards e se tornou dirigente da franquia. Mas ainda assim de vez em quando, assim como fez com o Charlotte Hornets, do qual ele é dono, entrava em quadra em alguns treinos.

"Nós costumávamos provocar bastante o MJ, o tempo todos, mas tinham algumas coisas que eu não falaria. E Laron Profit ia além de vez em quando, eu não ia por esse caminho", disse Hamilton, no podcast "All That Smoke".

"Eu me lembro que nós estávamos no treino, e Prof fez uma cesta com MJ marcando. Ele estava voltando pra marcar e falou: 'É, você não consegue me marcar com esses joelhos velhos'", completou.

Hamilton, que jogou nos Wizards de 99 a 2002, lembrou que o destino de Profit mudou após essa provocação.

"MJ ficou furioso. Ele ficou furioso a ponto de quando eu fui para minha reunião de despedida, ele disse: 'O seu amigo está fora daqui'".

Jordan mandou Profit em uma troca para o Orlando Magic no final daquela temporada. E logo na sequência, em 2001, o camisa 23 voltou à quadra para jogar os dois últimos anos de sua carreira.

Profit nem chegou a entrar em quadra pelo Magic, jogando na Europa e tendo uma média de 3,3 pontos na carreira na NBA,