<
>

James Harden: 'A temporada de Giannis foi boa, a minha foi lendária'

Para promover sua nova coleção de tênis, James Harden concedeu uma entrevista exclusiva para a revista GQ em que falou não só do lançamento, mas também de como será o Houston Rockets com ele e Russell Westbrook e, principalmente, sobre a corrida pelo troféu de MVP da NBA na temporada passada.

Em 2018/2019, Harden disputou até o último dia da temporada regular o prêmio de melhor jogador com Giannis Antetokounmpo, do Milwaukee Bucks, e perdeu. Segundo o armador do Houston Rockets, por uma questão de narrativa.

"A mídia com certeza abraça algumas equipes como queridinhas e é assim que é. Nós sabemos. Você não pode falar para mim que um cara que estava em um time que chegou a ficar em 14º e terminou em 4º com tudo que estava acontecendo - tantas lesões e problemas - e que teve uma sequência de 32 jogos marcando 30 ou mais pontos, oito jogos de 50 pontos, dois jogos de 60 pontos... e a conversa era toda sobre Giannis? Não é possível", disse.

"O garoto (Giannis) teve uma temporada inacreditável, assim como seutime. Mas o que eu estava fazendo foi lendário. Você vai olhar para trás daqui 10, 15 anos e perguntar 'isso é real? Isso realmente aconteceu?' É coisa que eles fazem com caras tipo o Kareem (Abdul-Jabbar)".

Harden também falou sobre a parceria com Russell Westbrook, que chegará a Houston na próxima temporada. "Nós nos transformamos em quem queríamos ser, em termos de ser uma superestrela. Eu ganhei um MVP, ele ganhou um MVP...", comentou.

"E existiam as mesmas conversas de que o time não funcionaria comigo e Chris Paul. Terminanos com a melhor campanha da NBA e a um jogo de chegar nas Finais".

"Não é como se eu Russ tivessemos sido apenas companheiros no Oklahoma City Thunder por três anos. Nos conhecemos desde que temos 10 anos de idade, é um tipo diferente de relação e comunicação. Nós realmente não nos importamos com o que dizem ou pensam", finalizou.