<
>

UFC: Alex Muñoz recua em acordo, e Herbert Burns fica sem rival para lutar em maio

play
Brasileiros fazendo história, lendas se aposentando e muito mais: os grandes momentos do UFC em 2020 (2:43)

Movimentado ano ainda teve a criação da Ilha da Luta e muita provocação (2:43)

Herbert Burns estava com tudo programado para sua próxima apresentação no Ultimate. O lutador enfrentaria Alex Muñoz no dia 1º de maio, em evento do UFC que ainda não tem sede definida. No entanto, após o brasileiro assinar contrato e se colocar pronto para atuar, ele viu seu rival recuar e abandonar o confronto. A informação foi apurada pela reportagem da Ag. Fight com fontes próximas à franquia.

Com a saída de Muñoz, o Ultimate segue em busca de um oponente para Herbert para mantê-lo no show. No entanto, deve ocorrer uma outra mudança além do adversário. Se anteriormente o lutador faria sua apresentação no peso-leve (70 kg), dessa vez agora ele deve voltar à sua categoria de origem e atuar no peso-pena (66 kg).

Irmão mais novo de Gilbert Durinho, Herbert Burns conquistou o contrato com o UFC através do programa Contender Series. O lutador estreou na principal liga de MMA do mundo em janeiro de 2020, com vitória por nocaute sobre Nate Landwehr. Em sua segunda apresentação, o lutador finalizou o veterano Evan Dunham.

No entanto, na sua mais recente atuação, o competidor acabou derrotado por Daniel Pineda, em agosto do ano passado. No MMA desde 2012, o atleta possui 11 triunfos e três reveses.