<
>

UFC 254: Khabib maior da história do UFC? Jon Jones discorda: 'Os números não mentem'

play
UFC: A última dança de Khabib! Veja como lenda detonou Gaethje, chorou pelo pai e se aposentou invicto (0:49)

Russo encerra sua carreira com 29 vitórias em 29 lutas (0:49)

Khabib Nurmagomedov chocou mais uma vez o mundo neste sábado. Primeiro pela vitória mais uma vez dominante, agora diante de Justin Gaethje no UFC 254. Mas principalmente pelo que fez depois da luta, ao anunciar que estava se aposentando do MMA por não ver mais sentido em lutar em o pai, Abdulmanap, que morreu em julho, vítima de complicações da COVID-19.

Imediatamente, a maioria dos lutadores foi às redes sociais e declarou: Khabib é o maior lutador da história do UFC.

Mas alguém em específico discordou disso: Jon Jones.

O norte-americano até elogiou bastante o russo, chegou a ‘entregar’ o primeiro lugar do ranking peso por peso a ele, mas deixou claro que a briga para ser o maior da história era bem diferente.

“Khabib acabou de provar por que ele é o campeão. Caramba, níveis diferentes! Até eu tomar a coroa dos pesos pesados, você pode ficar com esse lugar (de 1º lugar no ranking peso por peso, como o próprio Khabib pediu em entrevista no octógono”, disse o campeão.

“Eu quero parabenizar Khabib pela incrível carreira. Eu sei que ele fez o pai dele e milhões de fãs muito orgulhosos hoje. Que Deus continue o abençoando em sua jornada”, completou.

O carinho, porém, parou por aí

“15 títulos mundiais, os números não mentem”, postou Jones, em referência a todas as lutas por cinturão que ele venceu.

“Definitivamente um momento poderoso, mas a minha lógica definitivamente não é ofuscada”, completou.

Veja todos os resultados do UFC 254:

CARD PRINCIPAL

Khabib Nurmagomedov (RUS) finalizou Justin Gaethje (EUA) com um triângulo a 1:34 do 2º round - pelo cinturão dos leves
Robert Witthaker (AUS) venceu Jared Cannonier (EUA) na decisão unânime dos jurados (29-28, 29-28 e 29-28) - médios
Alexander Volkov (RUS) nocauteou Wal Harris (EUA) a 1:15 do 2º round - pesados
Phil Hawes (EUA) nocauteou Jacob Malkoun (AUS) a 0:18 do 1º round - médios
Lauren Murphy (EUA) finalizou Liliya Shakirova (UZB) com um mata-leão a 3:31 do 2º round. - moscas feminino
Magomed Ankalaev (RUS) nocauteou Ion Cutelaba (MOL) aos 4:19 do 1º round - meio-pesados

CARD PRELIMINAR

Tai Tuivasa (AUS) nocauteou Stefan Struve (HOL) aos 4:59 do 1º round - pesados
Casey Kenney (EUA) venceu Nathaniel Wood (ING) na decisão unânime dos jurados (29-28, 29-28 e 30-27) - peso combinado
Shavkat Rakhmonov (CAZ) finalizou Alex Cowboy (BRA) com uma guilhotina aos 4:40 do 1º round - meio-médios
Da Un Jung (COR) e Sam Alvey (EUA) empataram (29-28, 28-29 e 28-28) - meio-pesados
Miranda Maverick (EUA) nocauteou Liana Jojua (RUS) com interrupção médica ao fim do 1º round - moscas feminino
Joel Álvarez (ESP) finalizou Alexander Yakovlev (RUS) com uma chave de braço aos 3:00 do 1º round - leves