<
>

Hugo Souza, do Flamengo, virou goleiro por acaso no Vasco e surpreendeu o pai: 'É isso o que tem, então vamos'

play
Mauro comenta festa dos torcedores na chegada do Flamengo: 'É o orgulho dos jogadores e uma resposta aos dirigentes' (4:20)

Comentarista enfatizou a atuação do goleiro Hugo, um dos melhores do time carioca no jogo (4:20)

Em um Flamengo recheado de jovens, que buscou um empate contra o Palmeiras em pleno Allianz Parque, Hugo Souza saiu de campo como o melhor da partida. Ao receber o prêmio entregue pela “TV Globo”, não escondeu a emoção ao lembrar da perda do pai.

A Conmebol Libertadores chega à quinta rodada da fase de grupos com cobertura total de ESPN.com.br e ESPN Brasil e SEIS jogos com transmissão ao vivo dos canais FOX Sports e, desta vez, excepcionalmente, ESPN. Veja abaixo quais partidas, dias e horários.

“Não jogo faz nove meses pelo Flamengo. A diferença dessa última partida para essa é que meu pai estava na arquibancada me assistindo e hoje não o tenho mais. Faz seis meses que perdi meu pai. Meu grande incentivador, um cara me deu tudo”, disse.

Jorge estava com Hugo quando ele virou goleiro, ainda criança, em um rival rubro-negro, o Vasco, como contou o ESPN.com.br em história publicada em 2018. O pai tinha o sonho de fazer um dos filhos jogador de futebol – mas talvez não exatamente embaixo das traves...

“Meu pai, que chama Sabará, foi zagueiro de times menores como Mesquita e América-RJ. Ele não conseguiu ter muito sucesso, mas tinha o sonho de ter um filho jogador. Eu comecei a jogar com quatro anos. Um primo jogava futsal no Vasco e fui fazer testes na linha, e um dos goleiros faltou. Eu pedi para agarrar, não sei por que até hoje (risos)”, lembrou Hugo.

“No primeiro dia eu não sabia nada, nunca tinha jogado, via como uma brincadeira. Um diretor viu e chamou meu pai: 'Seu filho será goleiro'. E nos deu um uniforme. Meu pai não deixava meu irmão, que era meia, ser goleiro (risos). Ele tinha aquela coisa com goleiro. Mas quando eu disse que ia ser goleiro, ele falou: 'É isso o que tem, então vamos embora (risos)'.”

Nem tudo correu fácil para que Hugo virasse goleiro do Flamengo, já com passagem pela seleção brasileira principal. Quando deixou de receber a ajuda de custo que tinha no futsal do Vasco, realizar o sonho ficou mais difícil. Mas Jorge insistiu para dar condições ao filho.

“No fim de 2008, fui para o Fluminense. Depois de seis meses, voltei ao Vasco. Fui campeão no futsal e, na época, recebia uma ajuda de custo, que por mais que fosse muito pouca, bancava a minha casa. Meus pais estavam desempregados e não tínhamos renda. Era nossa única renda.”

“Quando saí do futsal para o campo cortaram a verba. Foi um período bem complicado e não tinha dinheiro para ir treinar. Às vezes meu pai precisou fazer bicos. Como eu era novo meus pais não me deixavam trabalhar. Pedimos dinheiro emprestado para a família e foi um momento muito delicado que passamos. Nisso, eu saí do Vasco”, relembrou.

Para se adaptar ao futebol de campo, Hugo chegou a treinar em um clube de várzea, onde ficou por mais de um ano. Com dez anos de idade, já jogava com meninos mais velhos, na faixa dos 14. Foi então que uma ligação ao pai o aproximou do Flamengo.

"O pai de um amigo meu, que tinha jogado comigo no Vasco e estava no Flamengo, ligou para o meu pai. Ele queria saber como eu estava e me convidou para ir ao Flamengo. Então, um diretor me chamou para fazer teste no futsal, deu tudo certo e estou aqui até hoje."

play
4:20

Mauro comenta festa dos torcedores na chegada do Flamengo: 'É o orgulho dos jogadores e uma resposta aos dirigentes'

Comentarista enfatizou a atuação do goleiro Hugo, um dos melhores do time carioca no jogo

Na base do Flamengo, Hugo acumulou experiência em jogos estaduais, de Taça BH, Copa São Paulo (foi campeão em 2018) e seleção brasileira. Surpreendeu, porém, ao ter o nome chamado por Tite para ficar no banco em amistosos contra El Salvador e Estados Unidos.

“Não esperava, acho que ninguém esperava. Quando aconteceu foi aquele baque em mim e na minha família. Foi uma surpresa muito boa porque a seleção é o ápice de qualquer jogador. Todos têm esse sonho e eu cheguei muito novo, aos 19 anos. Me deu muito mais confiança e credibilidade. Me valorizou em todos os aspectos. Eu e minha família ficamos muito felizes porque só nós sabemos o que passamos até chegar nesse ponto.”

Hugo tem contrato com o Flamengo até 2023, renovado justamente depois da convocação para a seleção principal. Nesta quarta-feira, contra o Independiente Del Valle, ele poderá fazer sua estreia na Conmebol Libertadores – Diego Alves, se recuperando de lesão, ainda é dúvida.

Veja, abaixo, os jogos da quinta rodada da fase de grupos da Conmebol Libertadores com transmissão ao vivo de FOX Sports e ESPN*

Terça-feira, 29 de setembro
Grupo C (o mesmo do Athletico-PR)
19h15 - Peñarol-URU x Colo-Colo-CHI - Transmissão do FOX Sports e acompanhamento em tempo real, com VÍDEOS, do ESPN.com.br

Grupo D (o mesmo do São Paulo)
21h30 - LDU-EQU x Binacional-PER - Transmissão da ESPN e acompanhamento em tempo real, com VÍDEOS, do ESPN.com.br

Grupo E (o mesmo do Grêmio)
21h30 - América de Cali-COL x Internacional - Transmissão do FOX Sports e acompanhamento em tempo real, com VÍDEOS, do ESPN.com.br

Grupo H
21h30 - Boca Juniors-ARG x Libertad-PAR - Transmissão do FOX Sports 2 e acompanhamento em tempo real, com VÍDEOS, do ESPN.com.br

Quarta-feira, 30 de setembro
Grupo B
19h15 - Palmeiras x Bolívar-BOL - Transmissão do FOX Sports e acompanhamento em tempo real, com VÍDEOS, do ESPN.com.br

Grupo D
21h30 - River PLate-ARG x São Paulo - Transmissão do FOX Sports e acompanhamento em tempo real, com VÍDEOS, do ESPN.com.br

*Horários de Brasília