<
>

Polêmicas extracampo e futebol abaixo: como é a temporada de Grealish e Lukaku, reforços mais caros de City e Chelsea

Grandes contratações de Chelsea e Manchester City, Lukaku e Grealish vêm acumulando um início decepcionante nos clubes


Manchester City e Chelsea disputam, neste sábado (15), às 9h30 (de Brasília), com transmissão ao vivo pela ESPN no Star+, mais um clássico quente na Premier League. Na atual temporada, os dois times têm em seus elencos os dois jogadores mais caros da temporada.

De um lado, Jack Grealish, contratado pelos Citizens por 117,5 milhões de euros do Aston Villa. Do outro, Romelu Lukaku, contratado pelos Blues por 115 milhões de euros da Inter de Milão.

Mas os dois jogadores ainda tem outra coisa em comum: a decepção, até o momento, desde suas chegadas às equipes. Com números abaixo do que se esperava e polêmicas fora dos gramados, ambos vêm sendo contestados.

Com a missão de assumir a camisa 10 antes vestida por Agüero, Grealish chegou cercado pela expectativa de ter sido um dos grandes talentos gerados na Inglaterra nos últimos anos.

O que se vê, porém, é algo contrário. Em 21 jogos, marcou apenas três gols e deu três assistências, se tornando reserva no time de Guardiola. Recentemente ainda admitiu que achava que jogar no City seria mais fácil.

“Eu sei que tenho muito mais a oferecer em campo. Está mais difícil do que eu esperava. Pensei que no Manchester City teria mais a bola e conseguiria mais gols e assistências, mas não funciona assim. Não tenho recebido a mesma quantidade de passes no jogo como tinha no Aston Villa. Não chega nem perto”, disse ao jornal The Telegraph.

Artilheiro na Itália, Lukaku voltou ao Chelsea na esperança de calar a boca de quem o criticou em sua primeira passagem. Apesar de ter números melhores que Grealish, ainda vem decepcionando.

Com oito gols e duas assistências em 21 jogos, o belga ainda não resolveu o ‘problema’ que reclamavam na última temporada da falta de um centroavante goleador, mesmo que o time tenha conseguido marcar com vários jogadores de seu elenco ao longo dos primeiros meses.

Seu grande problema, porém, ocorreu na virada do ano, com entrevista polêmica criticando Thomas Tuchel. O fato quase gerou sua saída do clube e o fez pedir desculpas públicas. Basta saber se, a partir de agora, os problemas serão passado para ambos e a boa fase retornará.