<
>

Pai de Reinier desabafa, diz por que filho 'não emplaca' e pede paciência: 'Vinicius Jr. é o melhor exemplo'

Em entrevista ao jornal espanhol As, Mauro Brasília demonstrou preocupação com a falta de oportunidades do filho no Dortmund


Depois de chegar ao Borussia Dortmund com muita expectativa, Reinier não vem ganhando muitos minutos em campo, o que tem incomodado seu pai, Mauro Brasília. Segundo ele, o clube alemão está atrapalhando o desempenho do atacante por não utilizá-lo na maioria dos jogos.

''Ele não entende. Não tem oportunidades e quando joga uma partida se coloca todo o foco nele. Está aprendendo por um outro caminho, pois luta contra coisas que não entende. Nunca pedimos titularidade, mas minutos para crescer. Reinier gostaria de voltar à Espanha'', disse Mauro antes de completar:

''Quando a opção do empréstimo foi dada, pensamos que seria um bom lugar para alguém jovem como ele. Mas o Borussia não acolheu Reinier. Se não houver atenção, é impossível. Na primeira temporada disseram que ele não estava no mesmo nível tático e técnico que seus companheiros, mas agora não tem mais desculpas'', desabafou o pai do atleta ao jornal As

O jovem, cria do Flamengo está emprestado ao Dortmund até o fim da temporada, mas pertence ao Real Madrid, clube no qual também atua um garoto brasileiro que, para Mauro, deve servir de ''espelho'' para o filho. Trata-se de Vinicius Jr.

''O exemplo para Reinier é Vinicius. São muito amigos. Vini o faz bem por ser um exemplo de trabalho. Ele foi repreendido, mas deu a resposta em campo. Rodrygo e Valverde nos encantam também'', afirmou.

Sob o comando do técnico Marco Rose, Reinier participou de nove partidas, tendo começado apenas duas delas como titular. Além disso, não marcou gols e nem deu assistências.

Na derrota por 3 a 1 para o Sporting na Champions League, o atacante começou entre os onze, mas recebeu críticas pela atuação em campo.