<
>

São Paulo anuncia acordo por dívida milionária com Dynamo Kiev por Tchê Tchê

play
Pascoal detona atuação de Orejuela e diz que São Paulo 'passou vergonha': 'Perdeu de pouco' (2:24)

Comentarista analisou derrota do time de Crespo para o 4 de Julho na Copa do Brasil (2:24)

O São Paulo anunciou nesta quarta-feira que chegou a um acordo com o Dynamo Kiev, da Ucrânia, para finalizar a dívida milionária que o Tricolor possuía com os ucranianos pela contratação do volante Tchê Tchê, feita em 2019.

O clube do Morumbi já havia sido até acionado na Fifa, mas agora pagou os 3 milhões de euros (R$ 18,65 milhões, na cotação atual) que restavam pela transferência e encerrou a pendência.

O montante, aliás, foi depositado à vista na conta da equipe europeia.

A informação dos valores foi dada primeiramente pela colunista Monica Bergamo, do jornal Folha de S. Paulo, e confirmada pela ESPN.

"O São Paulo FC e o Dynamo Kiev têm o prazer de esclarecer que as divergências financeiras geradas em 2019 foram sanadas", escreveu o time paulista, em suas redes sociais.

"Com isso, os laços de amizade e intercâmbio profissional entre os clubes serão reestabelecidos", salientou.

play
2:37

Sormani minimiza derrota do São Paulo na Copa do Brasil: 'Muito barulho para um jogo só'

Comentarista defendeu trabalho de Crespo após derrota para o 4 de Julho

"Esperamos trabalhar juntos para um futuro de colaboração entre os nossos clubes para uma relação ética e profissional no futebol", completou.

Vale lembrar, porém, que o São Paulo ainda tem outras dívidas a resolver, como os valores devidos ao Orlando City, dos Estados Unidos, por Kaká, e ao Athletico-PR por Pablo, por exemplo.

Tchê Tchê, por sua vez, nem joga mais pelo clube do Morumbi.

O meio-campista está emprestado ao Atlético-MG, que tem a opção de realizar a compra ao final do período por cerca de R$ 25 milhões.

O contrato do atleta de 28 anos com o Tricolor vai até março de 2023.