<
>

Paquetá desabafa por 'ódio desnecessário' após zoar o Palmeiras com título do Flamengo e diz: 'Agora é a nossa vez'

Após o Flamengo conquistar a Supercopa do Brasil, neste domingo, Lucas Paquetá usou as redes sociais para tirar sarro do Palmeiras. A brincadeira, porém, repercutiu mal entre os torcedores palmeirenses, que ofenderam o meio-campista do Lyon.

Em sua conta no Twitter, jogador desabafou sobre a situação.

"Cara o futebol tá muito chato, ninguém pode mais zoar ninguém, todo muito fica com um ódio desnecessário. Em 2018 dançaram na frente da loja do Flamengo. Agora é a nossa vez! (Sim, nossa). Sou Flamengo desde pequeno, fiz música com 12 anos, sou torcedor, acompanho e vibro! Fé", escreveu.

Em 2018, após o Flamengo ser vice do Brasileiro, que teve justamente o Palmeiras campeão, várias brincadeiras foram feitas com o "cheirinho", em alusão ao fato de que o clube rubro-negro não vencia títulos importantes.

No domingo, o meia tinha publicado uma mensagem para provocar o Verdão.

"Atualizando que os moleques são f***! E o Palmeiras... Não tem Copinha! Não tem Mundial! E não tem Supercopa!", escreveu.

Revelado na base rubro-negra, Paquetá foi vendido em 2019 ao Milan, por 38,4 milhões de euros.

O atleta, porém, não se firmou na equipe italiana, e acabou comprado pelo Lyon em setembro do ano passado, por 20 milhões de euros.

Esse foi o 2º título seguido do Flamengo na Supercopa do Brasil.

No ano passado, os cariocas conquistaram a taça com uma vitória por 3 a 0 sobre o Athletico-PR, também em Brasília.