<
>

Champions League: 11 coisas que você já esqueceu que aconteceram nesta temporada

Quatro meses depois do cronograma pensado pré-pandemia, a Uefa Champions League 2019-20 terá a sua fase quartas de final sendo concluída neste fim de semana.

O PSG derrotou a Atalanta na quarta-feira de maneira dramática e se tornou o primeiro time a já garantir vaga na semifinal. Na quinta, Atlético de Madrid e RB Leipzig mediram forças e o time da Bundesliga se deu melhor, chegando na semifinal da Champions pela primeira vez em sua curta existência.

Barcelona, Bayern de Munique, Lyon e Manchester City vão jogar nesta sexta (Barça x Bayern) e sábado (City x Lyon) para que a Europa conheça os quatro melhores clubes da temporada.

Já faz um tempo, então o que estamos fazendo aqui é uma pequena atualização necessária sobre os momentos mais importantes que marcaram a Champoins desta temporada antes de tudo ficar parado por quase 150 dias.

E nem estamos falando de eventos relacionados à competição, como a Uefa nos dizendo que temos dito incorretamente nomes como Xherdan Shaqiri, João Felix e Kevin De Bruyne esse tempo todo ou como Lionel Messi demorou, mas confirmou que havia aceitado um convite para jantar com Cristiano Ronaldo.

Enquanto nos aproximamos da final em 23 de agosto, aqui vai um flashback de toda a diversão que tivemos na atual temporada.

Erling aparece para o mundo (17 de setembro de 2019 – 332 dias atrás)

Depois de ter se destacado ao marcar nove gols em uma partida pela Noruega na Copa do Mundo Sub-20, Erling Haaland anunciou sua chegada à Champions League em setembro com um hat-trick pelo Salzburg para cima do Genk.

Com apenas 19 e 58 dias de idade, Haaland converteu suas três primeiras finalizações em sua estreia na competição, o primeiro vindo depois de apenas dois minutos, na partida que acabou 6 a 2 para o time da Áustria.

Já seu terceiro hat-trick na temporada, os gols de Haaland o tornaram o terceiro jogador mais jovem (atrás de Raul e Wayne Rooney) a marcar um hat-trick na UCL e o oitavo jogador a fazê-lo em sua estreia.

O atacante havia começado o dia com 14 gols marcados em nove partidas pelo Salzburg (incluindo outro hat-trick na partida anterior).

Na verdade, a forma meteórica com a qual Haaland surgiu continuou na Champions League com um gol contra o Liverpool em sua próxima partida, seguido por mais quatro gols em três jogos da fase de grupos. E ele estava apenas começando ...

Bayern faz 7 no Tottenham (1° de outubro de 2019 – 318 dias atrás)

É incrível pensar que a derrota de 7 a 2 do Tottenham em seu próprio estádio pelas mãos do Bayern de Munique, na fase de grupos, foi nesta temporada. Mas podemos te garantir que foi.

Do ponto de vista do Tottenham, havia dois lados positivos (se é que isso é possível). 1. O Arsenal, seu maior rival, não se saiu muito melhor contra o Bayern também; 2. O resultado não foi ruim o suficiente para se tornar a maior surra da história da competição.

Sem incluir as fases pré-grupos, a maior goleada da história da Champions é de 8 a 0, e aconteceu duas vezes. Liverpool e Real Madrid aplicaram esse resultado em Besiktas e Malmo, respectivamente.

Enquanto isso, o maior número de gols já marcados em uma única partida da Champions League ainda é 12, ou seja, aquela vitória absurda do Borussia Dortmund sobre o Legia Varsóvia em 2016 por 8 a 4.

O hat-trick relâmpago de Sterling (22 de outubro de 2019 – 297 dias atrás)

Raheem Sterling mais uma vez escreveu seu nome nos livros de recordes com um hat-trick muito rápido na vitória do Manchester City sob a Atalanta por 5 a 1.

O atacante levou apenas 11 minutos para completar o feito, enquanto o City virava a partida e vencia os italianos com tranquilidade na Inglaterra.

O esforço de Sterling foi direto para o top-3 hat-tricks mais rápidos da história da Champions League, derrotado apenas por Mike Newell do Blackburn Rovers (9 minutos) e Bafetimbi Gomis (8 minutos) do Lyon.

Gent ou Genk? (23 de outubro de 2019 – 296 dias atrás)

Dois torcedores do Liverpool ficaram com o rosto vermelho depois de cometerem um erro vergonhoso ao tentar acompanhar o Liverpool em uma partida na Bélgica.

Os torcedores confundiram Genk com Gent, e assistiram à vitória do Liverpool por 4 a 1 em uma cidade a cerca de 150 quilómetros do estádio, no outro lado do país.

Para ajudar a aliviar a dor de um dia fora de casa que deu errado, o Genk decidiu convidar os dois torcedores de volta como convidados VIP para uma partida do Genk pelo campeonato belga.

A equipe adversária na ocasião? Ora, o Gent, é claro!

Kyle Walker vira goleiro (6 de novembro de 2019 – 282 dias atrás)

Walker se juntou ao clube exclusivo de jogadores de linha que tiveram de ir para o gol quando o Manchester City se viu sem goleiros disponíveis na partida da fase de grupos contra a Atalanta.

O lateral-direito até participou do jogo, fazendo mais defesas (1) do que Ederson e Claudio Bravo (ambos 0) durante as respectivas passagens do trio entre as traves enquanto o City empatava por 1 a 1 em San Siro.

O mosaico épico do Zenit (15 de novembro de 2019 – 273 dias atrás)

O Zenit conquistou o prêmio de melhor mosaico da temporada logo na partida de fase de grupos contra o RB Leipzig, em novembro.

Com o restante da competição sendo disputada com portões fechados, é improvável que qualquer clube vá vencer a gigantesca cena mística do Zenit com ursos, lobos, um druida tocando balalaica e o lema empolgante: "Zenit em nossa mente, Rússia em nosso coração”.

O gandula do Tottenham é o herói de Mourinho (26 de novembro de 2019 – 262 dias atrás)

Após uma vitória decisiva por 4 a 2 sobre o Olympiakos em sua primeira partida em casa no comando do Tottenham, José Mourinho agradeceu à pessoa que considerou responsável pelo triunfo.

O treinador português elogiou muito o gandula "inteligente", cujo raciocínio rápido levou ao empate crucial do Spurs.

"Este garoto de hoje foi brilhante. Ele lê o jogo, entende o jogo e fez uma assistência importante", disse Mourinho após a partida.

Tendo marcado duas vezes na dramática virada, podemos imaginar que Harry Kane ficou mais do que um pouco desapontado ao ver o prêmio de craque do jogo ir para outro.

Os Bad Boys de Brugge (26 de novembro de 2019 – 262 dias atrás)

O Club Brugge estava tão empolgado depois de empatar a partida contra o Galatasaray aos 47 do segundo tempo que conseguiu ter dois jogadores expulsos até o apito final.

O artilheiro Krepin Diatta foi expulso por tirar a camisa, aparentemente esquecido que já havia recebido um cartão amarelo no início da partida.

Ele foi seguido por Clinton Mata, que chutou uma bandeira de escanteio com tanta força que partiu a coitada ao meio - o que lhe valeu uma segunda advertência no processo.

Felizmente, o Brugge conseguiu recuperar a compostura enquanto segurava o empate em 1 a 1.

O Mestre Zen (18 de fevereiro de 2020 – 178 dias atrás)

Depois de marcar oito gols pelo Salzburg na primeira fase da competição, Haaland foi para o Borussia Dortmund por € 20 milhões. Ele continuou a causar estragos nas oitavas de final, marcando dois gols na vitória por 2 a 1 sobre o PSG na partida de ida e comemorando com uma pose de meditação.

Haaland pagou o preço por sua arrogância na partida de volta, com gols de Neymar e Juan Bernat que viram o PSG virar o confronto de cabeça para baixo e mandar o Dortmund de volta para a Alemanha.

Ramos recebe o cartão vermelho após jogada com Jesus (26 de fevereiro de 2020 – 170 dias atrás)

O Real Madrid teve um péssimo dia quando o Manchester City foi ao Santiago Bernabéu para a partida de ida das oitavas de final da Champions League.

Os donos da casa perderam por 2 a 1 e se viram com um homem a menos no fim da partida, depois que o capitão Sergio Ramos recebeu o 26° cartão vermelho de sua carreira (o que é uma marca alta, mas ainda longe do recorde mundial de um homem conhecido como "A Besta").

Foi também a quarta expulsão de Ramos na Liga dos Campeões, igualando o recorde de Zlatan Ibrahimovic e Edgar Davids.

O zagueiro do Real foi forçado a assistir à partida no Etihad dos camarotes, quando o City mais uma vez venceu por 2 a 1 para tirar o Real Madrid da competição.

Ronaldo, Messi... Ilicic? (10 de março de 2020 – 157 dias atrás)

Enquanto Ronaldo e Messi se acostumaram a quebrar recordes na Champions League por diversão, os dois viram um azarão chegar e fazer barulho nesta temporada.

Josip Ilicic conseguiu ficar ao lado dos grandes da atualidade quando marcou quatro gols na vitória de 4 a 3 do Atalanta sobre o Valencia.

Tendo também marcado uma vez na partida de ida na Itália, Ilicic se tornou o único jogador não nomeado Cristiano ou Lionel a marcar cinco gols em uma única eliminatória da Champions.

Ao vencer por 8 a 4 no total, o clube italiano também se tornou o primeiro estreante na competição a ir direto para as quartas de final desde o Leicester City em 2016-17.