<
>

Neymar comanda, PSG arranca virada heroica em 3 minutos sobre Atalanta e vai à semi da Champions

play
Neymar resolve, PSG elimina Atalanta com virada incrível e avança à semifinal da Champions League (1:06)

Mario Pasalic abriu o placar, enquanto Marquinhos e Choupo-Moting definiram a vitória por 2 a 1 (1:06)

Com drama, com sangue frio e com uma virada épica. O Paris Saint-Germain perdia para a Atalanta até os 44 minutos do segundo tempo, mas conseguiu a virada no fim por 2 a 1 no Estádio da Luz, em Lisboa, nesta quarta-feira (12), e se classificou para a semifinal da Champions League.

Mario Pasalic abriu o placar, enquanto Marquinhos e Choupo-Moting definiram o triunfo.

Paradoxalmente, Neymar ia sendo um destaque positivo e negativo da partida. Ao mesmo tempo em que foi extremamente participativo e criativo, sendo a grande referência de um PSG que não viu outros jogadores do setor ofensivo irem bem (casos do argentino Icardi e do espanhol Sarabia), o brasileiro desperdiçou duas ótimas oportunidades no primeiro tempo.

O retrato positivo acabou prevalecendo no fim, uma vez que ele deu a assistência para Marquinhos empatar e participou do gol que selou a vitória, de Choupo-Moting.

Dúvida para o confronto, Kylian Mbappé entrou em campo na etapa final, aos 19min. O francês, que sofreu uma entorse no tornozelo direito há 19 dias, acabou participando bastante do jogo pelo lado esquerdo do ataque e deu a assistência para o segundo gol, decisivo.

Agora, o time parisiense enfrentará o vencedor do duelo entre Atlético de Madrid e RB Leipzig, que vão a campo nesta quinta-feira (13). A semifinal irá ocorrer na terça-feira (18), às 16h (de Brasília).

Vencedor de sete das últimas oito edições do Campeonato Francês, o PSG alcança a semifinal pela primeira vez em sua era milionária e iguala sua melhor campanha na história, que foi em 1994/1995 (eliminação para o Milan).

Vale lembrar que este foi apenas o terceiro jogo oficial da equipe de Thomas Tuchel nos últimos cinco meses devido ao cancelamento da Ligue 1 em meio ao impacto da pandemia do novo coronavírus.

Já para a estreante Atalanta, chega ao fim seu conto de fadas.

Ficha técnica

Atalanta 1 x 2 Paris Saint-Germain

GOLS: Pasalic (Atalanta); Marquinhos e Choupo-Moting (PSG)

ATALANTA: Sportiello; Rafael Tolói, Caldara e Djimsiti (Palomino); Hateboer, De Roon, Freuler e Gosens (Castagne); Gómez (Malinovskiy), Zapata (Da Riva) e Pasalic (Muriel). Técnico: Gian Piero Gasperini

PARIS SAINT-GERMAINS: Navas (Sergio Rico); Kehrer, Thiago Silva, Kimpembe e Bernat; Herrera (Draxler), Marquinhos e Gueye (Paredes); Sarabia (Mbappé), Icardi (Choupo-Moting) e Neymar. Técnico: Thomas Tuchel

play
0:14

Na volta do PSG ao hotel, torcedor joga bola, Neymar domina sem deixar cair e manda sequência de embaixadinhas

PSG de Neymar encara a Atalanta nesta quarta-feira pela Champions League

Estatísticas

Mario Pasalic chegou a 12 gols na temporada, sendo 3 na Champions.

A Atalanta encerra a temporada com 116 gols em 48 jogos.

9 dos 17 gols da Atalanta nesta Champions saíram no mata-mata, mesmo com só 3 jogos nesta etapa contra 6 da fase de grupos.

A Atalanta não consegue ser o primeiro time estreante a chegar na semifinal da Champions desde o Villarreal em 2005/2006.

A Atalanta finalizou o jogo tendo feito 29 faltas, a maior quantidade de um time nesta edição em um mesmo jogo.

16 x 9 nas finalizações e 62,2% de posse de bola para o PSG na partida.

Neymar tem 19 gols e 10 assistências em 25 jogos na temporada.

Neymar perde chances, e Atalanta sai na frente

Como era esperado, a vocação ofensiva de ambas as equipes ficou evidente logo no começo de jogo. Com pouco mais de dois minutos, Navas defendeu chute de Papu Gómez sem dar rebote. Segundos depois, Neymar disparou livre e, frente a frente com o goleiro Sportiello, mandou ao lado do alvo, desperdiçando ótima oportunidade.

Aos 11min, Navas fez excelente defesa em cabeceio de Hateboer. Oito minutos depois, a resposta. Neymar invadiu a área em boa posição de campo, mas passou mal e mandou pela linha de fundo.

Em um jogo de ritmo intenso, o placar seria aberto aos 26min. Pasalic ficou com a bola após Kimpembe cortar parcialmente passe para Zapata e mandou no contrapé de Navas, que nada pôde fazer.

Dois minutos depois, Neymar quase faz um golaço. O brasileiro deu drible entre as pernas de Pasalic, escapou da marcação e finalizou perto da trave direita da meta de Sportiello.

O camisa 10 do PSG ainda teria ótima chance aos 42min, quando Hateboer errou um recuo e deu a bola de presente para o atacante, que finalizou mal de esquerda e desperdiçou ótima chance.

A primeira etapa acabou com a Atalanta com cinco finalizações, sendo quatro no alvo. O PSG concluiu quatro vezes (uma na meta) e teve 56,3% de posse de bola.

Mbappé entra, mas PSG não encanta

Na volta do intervalo, Djimisti teve ótima chance na área aos 13min e errou o alvo. No minuto seguinte, Mbappé foi a campo na vaga de Sarabia, inoperante.

O PSG não fazia um grande segundo tempo e ainda teria uma notícia negativa com uma lesão de Keylor Navas, que precisou ser substituído por Sergio Rico aos 34min.

Na reta final, os franceses foram para cima e passaram a levar mais perigo, com Mbappé e Neymar.


Virada épica do PSG

O empate saiu aos 45min, com Choupo-Moting levantando na área, Neymar dominando e tocando para o meio, de onde Marquinhos completou para a rede. Três minutos depois, Mbappé recebeu passe excelente de Neymar na esquerda e passou para Choupo-Moting definir o triunfo.