<
>

Arrascaeta será operado e vira desfalque no Flamengo; Filipe Luís fará 'tratamento conservador'

play
Com lesões em joelhos, Arrascaeta e Filipe Luís não têm prazo para retornar ao Flamengo (2:18)

Meia passará por artroscopia, enquanto lateral fará tratamento convencional (2:18)

A torcida do Flamengo deixou recebeu uma notícia muito ruim nesta quinta-feira, um dia depois do empate por 1 a 1 com o Grêmio, nesta quarta-feira, pela semifinal da Libertadores.

Após reavaliação do departamento médico, foi constatado que o meia Arrascaeta, um dos principais jogadores da equipe rubro-negra, teve lesões no ligamento colateral medial e também no menisco medial do joelho esquerdo.

Com isso, ele terá que passar por uma artroscopia e ficará fora de combate por tempo indeterminado.

O procedimento será realizado já nesta sexta-feira, às 6h30 (de Brasília), no Hospital Samaritano Barra. A cirurgia será realizada pelo Dr. Max Ramos, auxiliado pelo chefe do departamento médico do Fla, Dr. Márcio Tannure.

Já o lateral esquerdo Filipe Luís, que foi substituído por Renê no 2º tempo após sofrer entorse também no joelho esquerdo, teve lesão no ligamento colateral.

No caso do ala, porém, a contusão não foi tão grave, e ele será submetido a tratamento conservador - ou seja, fisioterapia.

Assim como Arrascaeta, não foi divulgada uma data para a volta do ex-Atlético de Madrid.

O duelo de volta contra o Grêmio será no dia 23 de outubro, às 21h30 (de Brasília), no Maracanã.

O Rubro-Negro depende joga por um um empate por 0 a 0 para voltar à final da Libertadores pela primeira vez desde 1981.

O Imortal, por sua vez, precisará buscar um triunfo por qualquer diferença ou um empate por pelo menos 2 a 2.

Novo 1 a 1 leva o duelo para os pênaltis.

Pelo Brasileirão, o líder Flamengo viaja para enfrentar a lanterna Chapecoense, neste domingo, às 11h (de Brasília), na Arena Condá.