<
>

Em jogo de duas viradas, Nigéria bate Camarões com gol de jogador do Arsenal e avança na Copa Africana de Nações

play
'Dembelé é melhor que Neymar', volta a afirmar presidente do Barcelona (1:04)

Dirigente ainda disse que, como o PSG não quer que o Neymar saia, não há conversa (1:04)

Com as presenças dos astros Samuel Eto'o e Nwanko Kanu nas tribunas, a Nigéria teve de revirar um jogo que saíra vencendo para seguir na Copa Africana de Nações, contra a equipe de Camarões, do técnico holandês Clarence Seedorf, em Alexandria, no Egito.

Com dois gols de Ighalo e um de Iwobi do Arsenal, as Super Águias bateram os defensores do título por 3 a 2 e seguiram para as quartas de final da competição. Enfrentam, na próxima quarta-feira, o vencedor do duelo entre África do Sul e o anfitrião Egito, que se enfrentam neste sábado.

Por Camarões, do goleiro Onana, do Ajax, anotaram Bahoke e N'Jie.

Camarões começou melhor, mas foi a Nigéria que abriu o placar, logo aos 19 do 1º tempo. A defesa de Camarões marcou bobeira após um cruzamento de Omeruo (do Chelsea) rasteiro na área. A bola encontrou Ighalo, que completou como conseguiu para abrir o placar.

O time de Camarões empatou apenas aos 40. Christian Bassogog cruzou com precisão e Stephane Bahoken completou com estilo, com um "tapa" de categoria.

Três minutos depois, na empolgação pelo empate, o time de Seedorf conseguiu a virada. Bahoken passou de cabeça para Clinton Njie recolocar os Leões na frente.

Na segunda etapa, a Nigéria voltou com muito mais volume de jogo e buscou o empate aos 18: Ahmed Musa ajeitou com o peito um um cruzamento e Ighalo bateu de primeira para igualar o marcador.

Dessa vez, foi o time nigeriano quem se aproveitou da empolgação para novamente saltar à frente, aos 21. Alex Iwobi aproveitou bola enfiada de Ighalo e bateu na saída do goleiro Onana: 3 a 2

Camarões partiu com força para o ataque e chegou a assustar nos minutos finais. Mas a Nigéria soube controlar a partida e ficar com a vaga nas quartas de final do torneio.