<
>

Quatro dias em outubro: documentário da ESPN relembra a milagrosa virada dos Red Sox sobre os Yankees em 2004

play
Virada histórica e duelo entre Red Sox e Yankees: documentário 'Four Days in October' é destaque no ESPN App (1:37)

Four Days in October está disponível para você ver quando e onde quiser (1:37)

O Boston Red Sox e o New York Yankees são, provavelmente, as duas franquias mais conhecidas da MLB. Com uma rivalidade construída no início do século passado, não faltam boas histórias. E a maior virada nos playoffs do beisebol norte-americano pertence a um confronto entre os dois times.

Em 2004, na final da Liga Americana, os Yankees estavam muito próximos de varrerem os Red Sox e confirmarem mais uma presença na World Series.

Mas, em uma sequência de eventos inacreditáveis, Boston reverteu a desvantagem de 3 a 0 e venceu o confronto na sétima partida.

Foi a primeira vez que uma equipe venceu uma série nos playoffs da MLB após ter perdido os três primeiros jogos.

Os detalhes dessa reviravolta você pode ver no documentário "Four Days in October", produção da série 30 for 30 que está disponível no ESPN App.

Veja abaixo alguns dos "ingredientes" desta virada épica.

Você pode ver todas estas produções e muitas outras quando e onde quiser no ESPN App.

TINHA UMA MALDIÇÃO

Em 2004, os Red Sox completavam 86 anos sem conquistar a World Series. Um período associado à "Maldição do Bambino".

O Bambino, no caso, é Babe Ruth, considerado o maior jogador de beisebol da história. No começo do século 20, ele jogava nos Red Sox, e a franquia era extremamente bem-sucedida, com cinco títulos entre 1903 e 1918.

No entanto, Ruth foi vendido aos Yankees após a temporada de 1919. E a sorte virou: o time de Nova York passou a enfileirar títulos, com 26 taças e 39 finais entre 1921 e 2004.

A venda do jogador e a "seca" em Boston só impulsionou a rivalidade entre as duas franquias ao longo das décadas.


OS RED SOX SEMPRE PERDIAM

E perdiam de um jeito dramático.

Após vender Ruth aos Yankees, os Red Sox chegaram em quatro World Series: 1946, 1967, 1975 e 1986. Em todas, foi derrotado no sétimo e decisivo jogo.

A série de 2004 tinha um ingrediente recente. Em 2003, as duas equipes se enfrentaram na final da Liga Americana. Obviamente, a disputa foi para o sétimo jogo.

Sim, claro, os Red Sox perderam.


3 A 0? RED SOX? JÁ ERA?

Quando a série chegou ao quarto jogo, a maioria dos comentaristas e torcedores deram o confronto como decidido.

Nunca nenhuma equipe havia se recuperado nos playoffs após perder os três primeiros jogos. E se você é o Red Sox, contra os Yankees e com uma "maldição" por aí... olha, já era.

No fim, como sabemos, não foi assim.

No nono inning do quarto jogo, os Yankees venciam por 4 a 3, e Mariano Rivera deveria fechar o duelo. Mas ele não conseguiu - e a virada épica começou.

Uma corrida de Dave Roberts empatou a partida. Nos innings extras, David Ortiz garantiu a vitória dos Red Sox.

O mesmo Ortiz garantiria o triunfo no jogo 5 com um home-run no 14º inning. No jogo 6, o pitcher Curt Schilling jogou sete innings consecutivos, mesmo com o tornozelo direito machucado e com a meia enchendo de sangue. Foi o herói da vitória e do empate na série.

E no jogo sete, os Red Sox dominaram o duelo para fechar a reviravolta em 4 a 3, decretar a virada e ir para World Series (que eles ganhariam do St. Louis Cardinals por 4 a 0).

Como definiu o cineasta Spike Lee, um fervoroso torcedor dos times de Nova York, antes do início da sétima partida: "Por isso que o esporte é ótimo: ele não pode ser roteirizado."