<
>

Liverpool negocia com Nike e outras marcas para ter o maior contrato de camisa da Inglaterra; veja valores

Segundo o jornal Liverpool Echo, o Liverpool negocia para ter o maior acordo de fornecimento de material esportivo da Premier League.

O diário confirmou que os Reds negociam com a gigante Nike, mas também conversam com diversas outras marcas, inclusive sua atual parceira, a New Balance.

O acordo atual da equipe, que foi assinado em 2015 e que o clube entende estar bastante defasado, vale 45 milhões de libras (R$ 224,8 milhões) por temporada.

Agora, porém, o time de Anfield Road quer aproveitar seu sucesso em campo para tentar um incremento em suas finanças com um vínculo de valor maior.

O Liverpool Echo afirma que o clube quer ultrapassar o valor pago pela Adidas ao rival Manchester United: 75 milhões de libras (R$ 374,67 milhões) por temporada.

Esse contrato entre a marca alemã e os "Diabos Vermelhos" foi assinado em 2014, mas até hoje é o maior da Inglaterra.

Mais cedo neste ano, o Manchester City também aproveitou para conseguir um contrato mais lucrativo: deixou a Nike e assinou por 10 anos com a Puma, ao valor de 65 milhões de libras (R$ 324,71 milhões) por temporada.

Este acordo deixou para trás Arsenal e Chelsea, que faturam 60 milhões de libras (R$ 299,73 milhões) por temporada de Adidas e Nike, respectivamente.

O jornal ainda aponta que, apesar do contrato estar defasado, o acordo entre Liverpool e New Balance, que vale desde fevereiro de 2015, é considerado um grande sucesso comercial.

A camisa da temporada 2018/19, que o time vestiu na conquista da Champions, foi a mais vendida da história do clube, batendo o próprio recorde que havia sido conquistado em 2017/18.