<
>

Lamar Jackson de olho: quem são os cinco quarterbacks que mais correram na história da NFL

Muitas franquias da NFL já provaram do veneno de Lamar Jackson em sua temporada de estreia, mas parece que em 2019, o quarterback do Baltimore Ravens se tornou mais letal, isto é, tanto com as mãos, quanto com os pés.

A incrível vitória sobre o New England Patriots na semana 9 reservou ao jogador mais um recorde de jardas corridas, algo comum a ele nos últimos dias. Dessa vez, ele se tornou o quarterback com mais jardas terrestres até a metade da temporada.

Em oito jogos, foram 637 jardas, com média absurda de 79,6 por jogo. O recorde anterior era de Michael Vick (com quem Jackson é comparado com muita frequência) com 576. Ou seja, mantendo a média até o final da temporada regular, Jackson chegará a 1273 jardas, número que passa tranquilamente o recorde atual de 1039 jardas, estabelecido em 2006 pelo mesmo Vick.

"Michael Jackson"

É inevitável comparar. Michael Vick é o maior expoente quando o assunto é quarterback de dupla ameaça. O próprio ídolo dos Falcons/Eagles comenta com frequência sobre o novo talento da liga.

“Acho que é uma boa comparação”, Vick disse à TMZ Sports. “Se tem alguém na liga que parece comigo, é Lamar. É um cara perigoso atrás do center. Será duro de lidar com ele por um longo tempo”.

Há quem diga que Jackson já é melhor que Vick. Isso só o tempo dirá, mas os números empolgam.

Em sua segunda temporada na liga Vick teve o melhor rating de sua passagem de seis temporadas pelos Falcons: 81.6. Jackson já superou essa marca na sua temporada de estreia, com 84.5.

A pontaria sempre foi a principal crítica de Vick e, em geral, para a maioria dos quarterbacks corredores – aquela clássica discussão do “é quarterback ou running back?” Jackson também ouviu muito isso, mas até agora, vem calando a crítica. Seu rating nessa temporada é de 95.4.

Mas o caminho de Lamar Jackson até o topo é longo. São várias as estrelas que entraram para a história da liga pela capacidade de correr tão boa quanto a de lançar.

Por isso, antes que o jovem possa alterá-la, separamos uma lista com os cinco maiores QBs móveis da história da NFL, ranqueados de acordo com o número de jardas terrestres (as estatísticas abaixo dos nomes são apenas de jogo corrido).

Top 5 quarterbacks móveis da NFL

5 - Russell Wilson (Seahawks)

Jardas: 3854 // TDs: 19

Um dos dois jogadores dessa lista que ainda estão em atividade, Russell Wilson foi draftado em 2012 pelo Seattle Seahawks, na sexta rodada, e se tornou um dos maiores líderes da história da franquia, chegando a dois Super Bowls consecutivos, vencendo um. Sua habilidade com as pernas sempre foi acima da média e, mesmo na sua oitava temporada, Wilson segue escolhendo os melhores momentos para ejetar do pocket.

4 - Steve Young (Buccaneers, 49ers)

Jardas: 4239 // TDs: 43

Colocado por muitos no Top 10 de melhores QBs da história, Young assumiu o legado deixado por Joe Montana fazendo mais história no San Francisco 49ers. O QB tinha um canhão no braço esquerdo (coisa rara na NFL) e se virava muito bem quando corria. No ranking de melhores corridas da história da NFL, do NFL Throwback, Young ocupa a quarta posição – primeiro entre QBs – após correr 49 jardas para bater o Minnesota Vikings na semana 9 da temporada de 1988.

3 - Cam Newton (Panthers)

Jardas: 4806 // TDs: 58

Com os mesmos 30 anos de Russell Wilson, Newton também está em atividade pela liga. As corridas do quarterback são letais, até por isso, ele lidera a lista em touchdowns, com 58. Em sua nona temporada pelo Carolina Panthers, sofreu uma lesão no pé e o time resolveu colocá-lo na reserva de lesionados, o que definitivamente acaba com sua temporada. De qualquer forma, ainda é provável que Newton assuma pelo menos a segunda colocação desse ranking em um futuro não tão distante.

2 - Randall Cunningham (Eagles, Vikings, Cowboys, Ravens)

Jardas: 4928 // TDs: 35

Possivelmente o nome menos conhecido dessa lista, Cunningham fez história nos Eagles entre 1985 a 1995. Posteriormente, jogou por outras franquias, mas seu nome sempre será mais associado à Philadelphia. Cunningham era o protótipo perfeito de quarterback móvel, mas era constantemente criticado pela sua pontaria, que chegou a melhorar com os anos de experiência. Ele se aposentou no mesmo ano que Michael Vick entrou na liga.

1 - Michael Vick (Falcons, Eagles, Jets, Steelers)

Jardas: 6109 // TDs: 36

Essa passagem de bastão foi impecável. Não havia ninguém na liga que fazia a mesma coisa que Michael Vick – não tão bem pelo menos. O líder da lista fez história nos Falcons até se machucar, e posteriormente, ser preso por quase dois anos ao se envolver com a organização de rinhas de cães (pois é), mas voltou com tudo em 2010 ao juntar-se aos Eagles, no ano anterior, para se consagrar como um exímio passador, além de velocista.