<
>

Popovich pede mudanças após morte de George Floyd: 'Nós brancos evitamos esse assunto por muito tempo'

Técnico do San Antonio Spurs e pentacampeão da NBA, Gregg Popovich se pronunciou sobre os protestos contra o racismo que estão tomando as ruas dos Estados Unidos nos últimos dias.

"O que mais me atinge é que nós já vimos antes essa violência policial, mas nada muda. Por isso esses protestos têm sido tão explosivos. Mas sem liderança e entendimento do problema, nunca haverá uma mudança", disse Popovich, ao site "The Nation".

"E nós norte-americanos brancos evitamos reconhecer esse assunto por muito tempo, porque é nosso privilégio evitar isso. Isso também tem que mudar", completou o técnico.

A morte de George Floyd tem sido tema de debate nos Estados Unidos. A imagem dele algemado no chão na última semana virou tema central de discussões sobre o racismo e tem gerado protestos no país norte-americano.

Várias estrelas do esporte mundial têm se pronunciado sobre os atos violentos e casos de carismo. LeBron James, Lewis Hamilton, Naomi Osaka, Michael Jordan e Jon Jones foram alguns a falarem do assunto. No Brasil, clubes de futebol fizeram uma corrente contra o crime nas redes sociais.