<
>

Kobe diz que teria 12 anéis 'se não fosse a preguiça' de Shaq, e ex-pivô responde: 'Teria se passasse mais a bola'

Kobe Bryant e Shaquille O'Neal venceram três títulos consecutivos da NBA com o Los Angeles Lakers.

Mas, apesar do sucesso em quadra, a relação entre os dois astros fora dela não era das melhores.

Em 1998, Kobe, ainda com 19 anos, brigou com Shaq durante um treino dos Lakers. Os dois teriam trocado socos, e o próprio Kobe relembrou o caso durante uma convenção em Las Vegas.

"Meus colegas de time devem ter achado que eu era totalmente maluco", disse ele.

"Há um nível de respeito, para o Shaq também, e ele me disse que aquele foi o dia em que as coisas realmente mudaram. Ele costumava provocar e falar que ninguém deveria encará-lo. Quando me viu fazer aquilo, ele disse, 'esse garoto é maluco, tudo bem, posso ganhar ao lado dele'. E foi assim que nossa relação realmente começou."

Mas Kobe também fez uma crítica dura ao seu ex-colega de equipe.

"Ele poderia ter sido o melhor de todos os tempos. E ele sabe disso. Eu e o Shaq conversamos o tempo todo e falamos, 'cara, se você não fosse preguiçoso e ficasse em forma...'", afirmou.

"Eu queria que ele fosse para a academia. Eu teria vencido 12 m... de anéis!", completou Kobe.

Depois, Shaq respondeu ao comentar uma postagem no Instagram e mandou 'recado': "Você teria tido 12 (anéis) se passasse mais a bola, principalmente nas Finais contra os Pistons", disse ele, se referindo à decisão de 2004, quando os Lakers perderam o título em cinco jogos.

"Ninguém ganha estátuas sem trabalhar duro", completou Shaq.

Com a repercussão da resposta do ex-pivô, Kobe usou sua conta oficial no Twitter para amenizar a situação.

"Não há briga com o Shaq. Sei que a maior parte da imprensa quer ver isso, mas não vai acontecer. Nada além de amor, estamos velhos demais para brigar."