<
>

41 anos de Kobe Bryant: onde ele entra no ranking histórico da NBA?

Neste 23 de agosto de 2019, uma lenda do basquete completa 41 anos. Kobe Bean Bryant, nascido em 1978, foi um dos maiores jogadores da história e é uma lenda do Los Angeles Lakers. No entanto, onde o ala-armador se encaixa no ranking histórico dos jogadores da NBA?

Abaixo, listamos as principais conquistas de Kobe durante seus 20 anos na NBA, todos com a camisa dos Lakers, e deixamos você escolher. É o melhor de todos os tempos? Um dos cinco melhores? Um dos dez? Veja!

Os títulos

É impossível começar a falar de Kobe Bryant sem falar de anéis. Foram cinco conquistas da NBA pelos Lakers, sendo três de maneira consecutiva entre 2000 e 2002, no time que marcou história pela dupla Kobe e Shaquille O'Neal. Os outros dois vieram em 2009 e 2010, com o camisa 24 vencendo o prêmio de MVP das Finais em ambas as ocasiões.

A 'Mentalidade Mamba'

Kobe Bryant deixou um legado na NBA que vai além dos títulos: a 'Mentalidade Mamba. A Mamba-negra é um das cobras mais venenosas do mundo e está sempre pronta para dar o bote em sua presa, sendo a cobra mais rápida do mundo, capaz de se deslocar a 20km/h. E não é a toa que Kobe recebeu o apelido de 'Mamba-negra' durante sua carreira e criou a 'Mentalidade Mamba'.

O camisa 8 ou 24 sempre foi conhecido por ser letal na hora necessária e matar seus adversários nos lances finais. A 'Mentalidade Mamba' nada mais é do que ser frio, venenoso e atacar seu adversário sem ele saber de onde veio. E algo que é exemplo para todos os jogadores até hoje.

A capacidade de pontuar

Atualmente, Kobe Bryant é o terceiro maior pontuador da história da NBA em sua carreira. Foram 33643 pontos anotados em 1346 partidas disputadas, uma média de 25 por jogo. O 'Mamba' está atrás apenas de Karl Malone e Kareem Abdul-Jabbar.

Durante sua carreira, foi cestinha da NBA em duas temporadas (2005/2006 e 2006/2007), além de ter a segunda maior pontuação em um único jogo na história da NBA: 81 pontos.

Os 81 pontos

Em 22 de janeiro de 2006, o Los Angeles Lakers recebeu o Toronto Raptors no Staples Center em um jogo que entraria para a história. Com uma das atuações mais dominantes de todos os tempos, Kobe anotou incríveis 81 pontos com aproveitamento de 28/46 nos arremessos de quadra (7/13 3PT) e 18/20 na linha do lance livre. É a segunda maior pontuação individual da história da NBA, ficando atrás apenas dos 100 pontos de Wilt Chamberlain.

A despedida

A carreira de Kobe Bryant é repleta de momentos icônicos. Um deles é o seu último jogo. Depois de conviver com muitas lesões, principalmente no tendão de Aquiles, Kobe já não era mais o mesmo em seu final de carreira, mas isso não o impediu de dar um último show. Em partida contra o Utah Jazz, em 14 de abril de 2016, no Staples Center, Kobe anotou incríveis 60 pontos e se despediu com uma atuação monumental e a vitória por 101 a 96.

Um jogador completo

Kobe é lembrado pela capacidade de pontuar, principalmente, mas também era um excelente defensor, tendo sido escolhido para o primeiro time defensivo da temporada em nove oportunidades diferentes e três vezes no segundo time.

Outras conquistas

Kobe Bryant foi MVP da temporada regular em 2008, selecionado para o All-Star Game em 18 oportunidades, foi 11x escolhido para o primeiro time da temporada, duas vezes para o segundo e duas para o terceiro.

Venceu o torneio de enterradas em 1997 e teve as duas camisas, 8 e 24, aposentada pelos Lakers. Também é bicampeão olímpico pelos Estados Unidos (2008 e 2012).

Aonde Kobe entra no ranking histórico?