<
>

Spurs controlam Nuggets, vencem em Denver e abrem 1 a 0 na série dos playoffs da NBA

Nunca duvide de Gregg Popovich. Nunca!

O San Antonio Spurs saiu na frente por uma vaga nas semis da Conferência Oeste. Neste sábado, jogando em um Pepsi Center pouco ativo, no Colorado, a equipe de DeRozan e companhia foi mais consistente, superou o Denver Nuggets por 101 a 96 e abriu 1 a 0 na série melhor de sete dos playoffs da NBA. Com o resultado, Popovich chegou a 1.413 vitórias entre temporada regular e pós-temporada e se tornou o maior vencedor da história da liga como técnico, ultrapassando Lenny Wilkens.

No embalo de Jamal Murray, Garry Harris, Will Barton e Paul Millsap, o Denver Nuggets, liderado por Nikola Jokic, chegou aos playoffs da NBA com a segunda principal campanha da Conferência Oeste. O problema é que a equipe do Colorado cruzou bem contra o "traiçoeiro" San Antonio Spurs, sétimo melhor. O time é considerado limitado, mas se se apoia em seu técnico para surpreender - como fez neste noite, com muita frieza e experiência.

O primeiro tempo em Denver acabou com vitória da equipe de San Antonio: 59 a 51, muito graças a White, DeRozan, Forbes e Gay (vindo do banco). O quarteto anotou 10 ou mais pontos e liderou os Spurs nos primeiros dois quartos.

Por outro lado, Jokic, grande estrela dos Nuggets, fez apenas quatro pontos e se destacou mais pelas assistências - nove no total, o maior número da etapa inicial. O sérvio, mesmo muito marcado, também foi o jogador que mais pegou rebotes - sete contra seis de Poeltl, de San Antonio.

Na transmissão, José Roberto Lux, o Zé Boquinha, cobrou mais velocidade à equipe de Denver. Para ele, só uma mudança de postura faria com que o time de Michael Malone virasse o jogo contra os comandados de Gregg Popovich.

Na etapa final, o San Antonio se manteve na liderança, mas viu o Denver incomodar principalmente com Jamal Murray e Gary Harris e levar a decisão para os segundos finais.

A reação dos Nuggets, no entanto, caiu por terra quando Murray errou um arremesso teoricamente fácil e depois ainda cometeu uma falta boba enquanto puxava um ataque nos momentos finais. Com um lance livre, Derrick White definiu o placar: 101 a 96 para os Spurs.

JOKIC

Nem um triplo-duplo do astro sérvio evitou a derrota dos Nuggets. Foram 14 rebotes, 14 assistências e 10 pontos de Jokic, que foi muito bem marcado pelos Spurs. Apesar dos número, o astro de Denver teve a atuação bastante criticada por Zé Boquinha durante a transmissão da partida.

DEROZAN

O camisa 10 terminou a partida como maior cestinha de San Antonio. Foram 18 pontos, dois a menos que Gary Harris, dos Nuggets, principal destaque ofensivo do confronto. DeRozan, apesar de um terceiro quarto bastante apagado, ainda pegou 12 rebotes e deu seis assistência.

POPOVICH

O triunfo dos Spurs no primeiro jogo da série contra os Nuggets teve um sabor especial para Popovich. Com o resultado, a lenda chegou a 1.413 vitórias entre temporada regular e pós-temporada e se tornou o maior vencedor da história da NBA como técnico, ultrapassando Lenny Wilkens (1.412) e Don Nelson (1.410).

AGENDA

Jogo 1 - Nuggets x Spurs - 13 de abril, 23h30

Jogo 2 - Nuggets x Spurs - 16 de abril, 22h -

Jogo 3 - Spurs x Nuggets - 18 de abril, 22h

Jogo 4 - Spurs x Nuggets - 20 de abril, 18h30

Jogo 5 - Nuggets x Spurs - 23 de abril (se necessário)

Jogo 6 - Spurs x Nuggets - 25 de abril (se necessário)

Jogo 7 - Nuggets x Spurs - 27 de abril (se necessário)