<
>

Joe Harris ganha R$ 2,5 mi por mês e vai treinar e jogar de metrô: o cara que bateu Curry no All Star Game

No último final de semana, o ala-armador Joe Harris, do Brooklyn Nets, surpreendeu os presentes no Spectrum Center, em Charlotte, ao derrotar ninguém menos que o astro Stephen Curry, do Golden State Warriors, na disputa final do desafio de 3 pontos do All Star Game da NBA.

Afinal de contas, Harris, de 27 anos, tem uma carreira bem mais modesta que a do craque do time campeão de três das últimas quatro temporadas da liga norte-americana de basquete.

Nascido na pequena cidade de Chelan, que tem menos de 4 mil habitantes, ele foi a 33ª escolha do draft em 2014, e iniciou sua carreira no Cleveland Cavaliers.

Pouco aproveitado, acabou sendo trocado em 2016 com o Orlando Magic, mas foi dispensado. Na sequência, acertou com os Nets, que defende de julho de 2016 até hoje.

Seus números na carreira são discretos: 7,6 pontos, 2,4 rebotes e 1,1 assistências por jogo. E diferentemente de Curry, nunca ganhou um anel de campeão da NBA.

Mas talvez Joe Harris prefira as coisas como estão... Afinal de contas, ele não gosta sequer de ser reconhecido nas ruas.

Dono de um salário mensal de R$ 2,5 milhões, fruto de um contrato de dois anos e US$ 16 milhões (R$ 60 milhões) assinado com os Nets, o ala-armador não usa roupas extravagantes e dispensa os carros de luxo para se locomover por Nova York.

Muito pelo contrário: ele vai treinar e jogar de metrô!

"Na maior parte do tempo, eu estou misturado em meio às pessoas. Na verdade, parece que eu trabalho em alguma cafeteria do Brooklyn", brincou, em entrevista ao New York Times.

O próprio técnico dos Nets, Kenny Atkinson, mostra espanto com a simplicidade do atleta.

"Ele assinou um ótimo contrato, você imagina que ele vai comprar um carrão ou contratar um motorista... Mas ele é assim mesmo. Nós, nos Nets, somos assim. A gente vem de alguns sucessos recentes, mas somos humildes", destacou,

Sua atitude, porém, fez Harris se tornar um dos jogadores favorito da torcida dos Nets. Ele é um dos poucos atletas do elenco que de fato mora no bairro do Brooklyn, e tem apelidos e cantos especiais feitos pelos fãs.

Em quadra, ele vem sendo um dos grandes destaques da ótima série dos alvinegros, que ganharam 19 de suas últimas 25 partidas.

Harris está contribuindo com 13,4 pontos/jogo e possui atualmente uma das melhores médias de acerto da linha de três na NBA: 46,8%.