<
>

Por que pedido de tempo de LeBron James causou polêmica em classificação dos Lakers na NBA Cup

LeBron James teve mais uma atuação digna de ‘King’ para colocar o Los Angeles Lakers como semifinalista da primeira edição da NBA Cup. Autor de 31 pontos, 11 assistências, oito rebotes e cinco roubos de bola, o astro comandou a vitória por 106 a 103 diante do Phoenix Suns, na noite da última terça-feira (05).

Mas além do desempenho em quadra, o camisa 23 ficou marcado também por um lance que gerou polêmica e reclamação por parte da equipe do Arizona.

James pediu um tempo técnico quando o cronômetro marcava 7 segundos para o fim do jogo, em um lance que resultaria em contra-ataque dos Suns após uma perda de bola de Austin Reaves, que recebia marcação de Devin Booker.

Ao notar que o companheiro não teria mais a posse e cederia um turnover a Phoenix quando os Lakers tinham 105 a 103 no placar, LeBron não hesitou em se virar para a arbitragem para pedir a paralisação do jogo.

A marcação irritou o técnico dos Suns, Frank Vogel. Pelas regras da NBA, uma equipe só pode pedir um tempo técnico enquanto tem a posse de bola. Na visão do treinador de Phoenix, isso não era o caso.

“É uma bola perdida. Você não pode pedir tempo para uma bola perdida. O apito soa. Não sei por quê”, disparou Vogel após a partida. “Tudo na liga pode ser revisado. Não sei por que isso não pode ser revisado. Caímos na armadilha. É simplesmente frustrante”.

Falando à imprensa norte-americana após o jogo, LeBron James deu sua visão sobre o lance.

“O que vi foi o Austin Reaves com a bola, e o Booker fazê-lo tropeçar. Assim que eu vi ele tropeçando comecei a falar e fazer o gesto para pedir um tempo técnico para o juiz que estava próximo de mim. Depois disso ouvi a comoção que a bola estava solta, mas a minha direção era para o árbitro”.

Com a vitória, o Los Angeles Lakers assegurou a última vaga entre os quatro times que seguem vivos pelo título da primeira edição da NBA Cup.

A equipe de LeBron James enfrentará o New Orleans Pelicans, enquanto o Milwaukee Bucks terá pela frente o Indiana Pacers em jogos que terá transmissão ao vivo pela ESPN no Star+ na quinta-feira (07).

A decisão da NBA Cup está marcada para o próximo sábado (09), e também será atração com transmissão pela ESPN no Star+.

As duas próximas fases acontecem em Las Vegas.

Cada jogador do time vencedor receberá US$ 500 mil (R$ 2,47 milhões), enquanto os atletas da equipe vice-campeã embolsarão US$ 200 mil (R$ 990 mil).

Os perdedores das semifinais receberão US$ 100 mil cada (R$ 495 mil), e os perdedores das quartas de final receberão US$ 50 mil cada (R$ 247 mil).

Haverá ainda um prêmio de MVP da NBA Cup, bem como uma equipe ideal para todo o torneio.