<
>

Miojo estreia com derrota no UFC; Livinha perde para Markos e se complica

Brasileiros não começaram bem o dia no UFC


O início dos representantes do Brasil no UFC Vegas 41 não foi bom. No evento que acontece neste sábado (23), em Las Vegas (EUA), o estreante Daniel ‘Miojo’ foi nocauteado por Jeff Molina, após intenso combate válido pelo peso-mosca (57 kg), e Lívia Souza foi dominada pela veterana Randa Markos no peso-palha (52 kg).

Apesar do revés em sua estreia no UFC, Daniel deixou uma boa impressão no octógono. ‘Miojo’ fez sua primeira luta no MMA, em 2017, e estreou na maior organização de MMA do mundo quatro anos depois. Seu cartel profissional é composto por 11 vitórias, sendo todas pela via rápida (seis finalizações e cinco nocautes), e duas derrotas.

Começou! Até meia noite de domingo (24) tem Star+ Acesso Livre. Muito esporte AO VIVO, séries e filmes. Clique aqui e aproveite de graça toda a programação.

O resultado negativo deixou ‘Livinha’ em posição complicada no UFC, já que perdeu a segunda luta seguida. Antes de integrar o UFC, em 2018, a brasileira se destacou no Invicta FC, companhia na qual foi campeã do peso-palha. Na atual organização, a paulista disputou seis combates, venceu três e foi derrotada em outras três.

A luta

Como era de se esperar, o duelo entre os moscas foi movimentado. Logo no início, Daniel ignorou a pressão da estreia, aplicou uma série de chutes e, na aproximação, conseguiu chegar às costas de Molina, que pouco fez. Na sequência, ‘Miojo’ tentou aplicar um ‘mata-leão’, mas não teve sucesso. Depois, partiu para uma chave-de-braço, porém Molina resistiu novamente.

Por cima, o americano deu o troco ao desferir socos com o adversário no solo. Mesmo por baixo, o brasileiro atacou o braço de Molina, mas, novamente, perdeu a posição. Após o susto, ‘El Jefe’ voltou a aplicar golpes fortes em ‘Miojo’ e, aparentemente, saiu menos cansado. No segundo assalto, Molina não tomou conhecimento do brasileiro, acertou um direto e ncerrou a luta na base do ‘ground and pound’.

‘Livinha’ é dominada por Markos e perde a segunda luta seguida no UFC

‘Livinha’ tomou a iniciativa do combate, porém Markos respondia com chutes baixos. Na sequência, a iraquiana encurtou e levou a brasileira para a grade, na tentativa de travar o duelo. A paulista inverteu a posição, porém pouco fez. Em vantagem no clinch, a veterana aplicou cotoveladas e socos pontuais na oponente. ‘Livinha’ também tentou aplicar duas quedas, mas sem sucesso.

Faltando dois minutos para o fim do round inicial, a brasileira derrubou a adversária, caiu em posição de vantagem, a controlou no solo e quase finalizou via mata-leão. Após sobreviver, Randa aplicou uma joelhada que abalou a rival, acertou um direto e conseguiu levar o combate para o chão, mas não mostrou efetividade.

Se o primeiro assalto foi movimentado, no segundo assalto as atletas alternaram momentos bons e ruins. Logo no início, ‘Livinha’ conseguiu quedar Markos, porém, dessa vez, não ameaçou. Em seguida, a iraquiana saiu da posição de desvantagem, ficou por cima e golpeou a brasileira com socos e cotoveladas na maior parte do tempo.

Na terceira e última parcial, com a luta possivelmente empatada, Markos mostrou maior senso de urgência. A iraquiana partiu para o ataque, conectou bons golpes na trocação e levou ‘Livinha’ para a grade. No solo, após se embolar com a paulista, a veterana ficou em posição favorável e controlou a adversária, mesmo esta sendo especialista em jiu-jitsu. Sem dar espaço para a paulista, a iraquiana apostou nas cotoveladas para impressionar os juízes laterais. Após 15 minutos de combate, a veterana do MMA venceu por decisão unânime e encerrou uma sequência de quatro derrotas.