<
>

UFC 253: Ketlen Vieira se recupera e avisa: 'Caiu tudo que me impedia de me tornar campeã'

play
UFC | Promessa de morte, 'ele é burro' e muito mais: relembre as ofensas trocadas entre Adesanya e Borrachinha desde antes da luta ser marcada (1:04)

Rivais se cutucam há muito tempo pelo cinturão dos médios (1:04)

Ketlen Vieira está de volta! A brasileira se recuperou neste final de semana de primeira derrota em toda a carreira e venceu Sijara Eubanks na decisão unânime dos jurados (29-28, 29-28 e 29-28) no UFC 253.

Venceu e desabafou!

“Sou como uma flecha, você tem que puxar para trás para ir para frente. Dia 14 de dezembro não fui eu que caí aqui, foi tudo que me impedia de me tornar uma campeã”, disse Ketlen.

A brasileira sempre foi vista como uma futura campeã da categoria e vinha invicta, mas teve que ficar mais de um ano e meio afastada dos octógonos por conta de várias lesões graves.

Para piorar, a volta não foi nada como esperado. Em dezembro, acabou nocauteado por Irene Aldana e perdeu a invencibilidade.

Agora, porém, ela se recoloca no caminho do cinturão. São 11 vitórias (cinco delas já no UFC) e apenas uma derrota no cartel.

Veja todos os resultados do UFC 253:

CARD PRINCIPAL

Israel Adesanya (NIG) nocauteou Paulo Borrachinha (BRA) aos 3:59 do 2º round – pelo cinturão dos pesos médios
Jan Blachowicz (POL) nocauteou Dominick Reyes (EUA) aos 4:36 do 2º round – pelo cinturão vago dos meio-pesados
Brandon Royval (EUA) finalizou Kai Kara-France (NZL) com uma guilhotina a 0:48 do 2º round - moscas
Ketlen Vieira (BRA) venceu Sijara Eubanks (EUA) na decisão unânime dos jurados (29-28, 29-28 e 29-28) – galos feminino
Hakeem Dawodu (CAN) venceu Zubaira Tukhugov (RUS) na decisão dividida dos jurados (28-29, 30-27, 29-28) - penas

CARD PRELIMINAR

Brad Riddell (NZL) venceu Alex Leko (BRA) na decisão unânime dos jurados (29-28, 29-28 e 29-28) - leves
Jake Matthews (AUS) venceu Diego Sanchez (EUA) na decisão unânime dos jurados (30-26, 30-26 e 30-26) – meio-médios
Ludovit Klein (SVK) nocauteou Shane Young (NZL) aos a 1:16 do 1º do 1º round - penas
William Knight (EUA) venceu Aleksa Camur (EUA) na decisão unânime dos jurados (29-28, 30-27 e 30-27) – meio-pesados
Juan Espino (ESP) finalizou Jeff Hughes (EUA) com um neck crank aos 3:48 do 1º round - pesados
Danilo Marques (BRA) venceu Khadis Ibragimov (RUS) na decisão unânime dos jurados (29-28, 29-28 e 30-27) – meio-pesados