<
>

UFC 253: Pupilo de Demian estreia amassando russo e abre bem a noite para o Brasil antes de Borrachinha x Adesanya

play
UFC | Promessa de morte, 'ele é burro' e muito mais: relembre as ofensas trocadas entre Adesanya e Borrachinha desde antes da luta ser marcada (1:04)

Rivais se cutucam há muito tempo pelo cinturão dos médios (1:04)

Os russos são conhecidos pelo ótimo desempenho na luta agarrada, mas nem todos eles são bons o suficiente para um pupilo de Demian Maia! Khadis Ibragimov foi a prova disso. Na abertura do esperadíssimo UFC 253, ele foi simplesmente amassado pelo brasileiro Danilo Marques, que venceu o combate na decisão unânime dos jurados (29-28, 29-28 e 30-27).

Danilo foi chamado de última hora para o evento e teve pouco mais de duas semanas para se preparar completamente. Mesmo assim, foi dominante do começo ao fim.

Agarrou Ibagimov, colocou para baixo e chegou a ficar perto da finalização algumas vezes, sempre laçando o pescoço do russo. O rival até conseguiu se defender, mas não teve nenhuma chance na decisão dos jurados.

Com 34 anos de idade, Danilo é pupilo de Demian Maia e agora vinha sendo parceiro de treinos de Fabrício Werdum. Agora são 10 vitórias e duas derrotas no cartel dele.

Já Ibragimov deve ter feito sua última aparição no UFC, já que ele perdeu todas as quatro lutas que fez na organização.

O UFC 253 ainda vai ser palco para mais três brasileiros: Alex Leco, Ketlen Vieira e Paulo Borrachinha, que faz a luta mais esperada da noite – e do ano – ao duelar com Israel Adesanya pelo título dos médios.

Veja todos os resultados do UFC 253:

CARD PRINCIPAL

Israel Adesanya (NIG) nocauteou Paulo Borrachinha (BRA) aos 3:59 do 2º round – pelo cinturão dos pesos médios
Jan Blachowicz (POL) nocauteou Dominick Reyes (EUA) aos 4:36 do 2º round – pelo cinturão vago dos meio-pesados
Brandon Royval (EUA) finalizou Kai Kara-France (NZL) com uma guilhotina a 0:48 do 2º round - moscas
Ketlen Vieira (BRA) venceu Sijara Eubanks (EUA) na decisão unânime dos jurados (29-28, 29-28 e 29-28) – galos feminino
Hakeem Dawodu (CAN) venceu Zubaira Tukhugov (RUS) na decisão dividida dos jurados (28-29, 30-27, 29-28) - penas

CARD PRELIMINAR

Brad Riddell (NZL) venceu Alex Leko (BRA) na decisão unânime dos jurados (29-28, 29-28 e 29-28) - leves
Jake Matthews (AUS) venceu Diego Sanchez (EUA) na decisão unânime dos jurados (30-26, 30-26 e 30-26) – meio-médios
Ludovit Klein (SVK) nocauteou Shane Young (NZL) aos a 1:16 do 1º do 1º round - penas
William Knight (EUA) venceu Aleksa Camur (EUA) na decisão unânime dos jurados (29-28, 30-27 e 30-27) – meio-pesados
Juan Espino (ESP) finalizou Jeff Hughes (EUA) com um neck crank aos 3:48 do 1º round - pesados
Danilo Marques (BRA) venceu Khadis Ibragimov (RUS) na decisão unânime dos jurados (29-28, 29-28 e 30-27) – meio-pesados