<
>

Copinha: Endrick marca, Palmeiras atropela o Santos por 4 a 0 e é campeão do torneio pela primeira vez

Palmeiras não tomou conhecimento do Santos, fez 4 a 0 na decisão da Copinha, gols de Endrick, Giovani e Gabriel Silva, duas vezes, e conquistou o título inédito da competição


O Palmeiras é campeão da Copa São Paulo de Futebol Júnior. Nesta terça (25), no dia do aniversário de 468 anos da cidade de São Paulo, o Alviverde venceu o Santos por 4 a 0, no Allianz Parque, gols de Endrick, Giovani e Gabriel Silva, duas vezes, e celebrou pela primeira vez em sua história o título da Copinha.

Os comandados por Paulo Victor vinham para a partida após tirar o São Paulo na semifinal por 1 a 0. Já o Peixe fez 3 a 0 em cima do América-MG.

No entanto, o que se viu no Allianz Parque foi um completo domínio do Palmeiras, que deu show no primeiro tempo e matou a partida.

Logo aos cinco minutos, Endrick recebeu cruzamento de Vanderlan, aproveitou bobeira da zaga e abriu o placar.

Aos 11, veio o segundo. E um golaço. Giovani recebeu passe de Jhonatan, ajeitou para o pé esquerdo e bateu colocado. A bola encobriu o goleiro Diógenes e entrou.

O terceiro veio aos 15. Em cobrança de falta, Gabriel Silva bateu por cima da barreira, venceu o goleiro do Santos e marcou mais um belo gol no Allianz Parque.

A situação se complicou ainda mais para o Santos no final do primeiro tempo. Derick fez falta dura em Giovani, recebeu o segundo amarelo e foi expulso.

No segundo tempo, a vitória se transformou em goleada. Aos oito minutos, Vanderlan colocou a bola na cabeça de Gabriel Silva, que testou para as redes e marcou o seu segundo gol na partida.

Show do Palmeiras no Allianz

O primeiro título do clube paulista da Copinha em sua história veio com show. Diante do torcedor no Allianz Parque, os meninos do Palmeiras mataram o jogo em 15 minutos de jogo.

Endrick, aos cinco, Giovani, aos 11, e Gabriel Silva, aos 15, marcaram os gols que atordoaram o Santos e fizeram com que o título se encaminhasse para o Alviverde.

Na etapa final, o camisa 10 marcou mais um e transformou o placar em goleada.

O cara: Endrick

Com apenas 15 anos, o camisa 9 do Palmeiras foi o protagonista do Alviverde do início ao fim da competição. Observado de perto por Manchester City, Real Madrid e Rennes, da França, que levaram representantes ao Allianz Parque, Endrick mostrou por que desperta os olhares internacionais.

Logo aos cinco minutos de jogo, o atacante recebeu cruzamento de Vanderlan e abriu o placar. Aos 23 minutos do segundo tempo, deixou o gramado ovacionado pela torcida do Palmeiras.

Foi mal: Derick

O zagueiro do Santos levou um cartão amarelo logo aos 13 minutos do primeiro tempo após parar Endrick em contra-ataque. Nos acréscimos, recebeu novamente a punição e foi expulso.

Ficha técnica

Palmeiras 4 x 0 Santos

Gols: Endrick, Giovani e Gabriel Silva (2x)

Palmeiras: Mateus; Gustavo García, Kaiky Naves, Lucas Freitas e Vanderlan (Ian); Pedro Bichalho (Pedro Lima), Fabinho, Giovani (Vitinho), Gabriel Silva (Lucas Sena) e Jhonatan (Kevin); Endrick (João Pedro). Técnico: Paulo Victor.

Santos: Diógenes; Andrey (Pedrinho), Derick, Jair e Lucas Pires; João Victor, Jhonnathan e Ed Carlos; Weslley Patati, Rwan Seco e Fernandinho (Rafael Moreira). Técnico: Elder Campos.