<
>

Copa do Brasil sobe premiação e pode pagar quase R$ 80 milhões a campeão em 2022; veja valores fase a fase

play
Atlético-MG: Godín passa por trote no Galo com direito a 'imitação animal' e dancinha (0:51)

Via @guga98oficial e @hulkparaiba | Foto: Pedro Souza / Atlético I Assista à resenha do elenco atleticano durante as boas-vindas ao zagueiro uruguaio (0:51)

Prêmio dado ao campeão supera o valor ganho pelo Atlético-MG em 2021


A Copa do Brasil sequer começou, mas tem uma motivação extra a todos os participantes em 2022. Isso porque a CBF anunciou um aumento nas premiações fase a fase do torneio, que já era, disparado, o que melhor pagava no país.

O maior aumento é para o campeão. Se o Atlético-MG faturou R$ 56 milhões pelo título em 2021, quem conquistá-lo nesta temporada ganhará R$ 60 milhões. O vice ficará com R$ 25 milhões.

O prêmio total chega próximo a R$ 80 milhões, já que as demais fases também tiveram um acréscimo no valor. Veja abaixo o fase a fase:

  • Campeão - R$ 60 milhões

  • Vice-campeão - R$ 25 milhões

  • Semifinal - R$ 25 milhões

  • Quartas de final - R$ 3,9 milhões

  • Oitavas de final - R$ 3 milhões

  • Terceira fase - R$ 1,9 milhões

Na 1ª e 2ª fases, os valores pagos aos participantes varia de acordo com o Ranking Nacional de Clubes, que divide os participantes em grupos diferentes de acordo com sua colocação.

O grupo 1, formado por América-MG, Athletico-PR, Atlético-MG, Bahia, Ceará, Corinthians, Cruzeiro, Flamengo, Fluminense, Fortaleza, Grêmio, Internacional, Palmeiras, Santos e São Paulo, ganha respectivamente R$ 1,27 milhão e R$ 1,5 milhão.

Vale lembrar que os participantes da Conmebol Libertadores entram apenas na terceira fase.