<
>

Cruzeiro: Oposição prepara novo pedido de impeachment e vai sugerir que presidente renuncie

Conselheiros de oposição do Cruzeiro veem novos fatos para fazerem outra solicitação de impedimento do mandatário Sérgio Santos Rodrigues


O Cruzeiro, praticamente sem chances de voltar à primeira divisão este ano, segue em turbulência política e ainda verá, nos próximos dias, o presidente Sérgio Santos Rodrigues ser alvo de um novo pedido de impeachment por parte da oposição.

Na última quarta-feira (13), os atletas do clube anunciaram que estão em greve por conta dos constantes atrasos salariais que acontecem há mais de seis meses, além de pendências referentes a 2020. E o ato foi a gota d'água para os conselheiros contrários à atual gestão decidirem agir novamente.

A ideia é que o novo pedido de impeachment seja apresentado já na próxima segunda-feira (18), quando acontecerá a reunião do conselho para decidir pela possível expulsão de Wagner Pires de Sá, ex-presidente do clube e um dos responsáveis pela maior crise financeira e institucional da história do Cruzeiro.

Neste mesmo encontro, o combinado é haver um pedido direto da oposição para que Sérgio Santos Rodrigues renuncie, o que facilitaria o processo de troca de gestão. Mas a expectativa é de que ele e seus aliados diretos não aceitem.

Em julho deste ano, o mesmo grupo de oposição protocolou um pedido de impeachment alegando erros de gestão do atual mandatário, mas a deposição do mandatário celeste não aconteceu.

O novo pedido contará com denúncias de inadimplência por parte do atual presidente.

Horas antes do anúncio da greve dos atletas, Santos Rodrigues estava em Portugal para discursar no Global Football Management sobre 'os desafios da gestão moderna de futebol no Brasil'.

A presença de Sergio Santos Rodrigues no evento, que também teve a participação do técnico Jorge Jesus, ex-Flamengo e atualmente no Benfica, revoltou boa parte da torcida do Cruzeiro, uma vez que, após o empate em 0 a 0 com o Botafogo, o time, rebaixado em 2019, tem chances mínimas de um retorno à elite.

A equipe de Vanderlei Luxemburgo está na 11ª posição com 39 pontos, nove atrás do Goiás, quarto colocado e primeiro na zona de acesso, isto restando oito rodadas para o término da competição. Caso de fato não consiga subir, a temporada de 2022 será a terceira consecutiva do Cruzeiro na Série B do Campeonato Brasileiro.