<
>

Hernanes chora em saída do São Paulo, indica futuro e cita amor pelo clube e torcida: 'Dói me despedir assim'

Acabou o ciclo de Hernanes no São Paulo. Foi dessa forma que o meio-campista anunciou a saída do clube do Morumbi, neste sábado (17), em um emocionante vídeo divulgado pelo Tricolor nas redes sociais.

O Projeta escreveu uma longa carta aos torcedores agradecendo por toda a passagem pelo São Paulo, lembrou dos momentos de glórias que teve no clube e admitiu que vai levar todo o carinho recebido por onde quer que vá. O único lamento foi se despedir sem a presença da torcida no Morumbi.

Ao fim do vídeo, Hernanes destacou que a vida de um atleta é feita de ciclos e que outro se iniciará após deixar o São Paulo. Aos 36 anos, ele está livre no mercado para assinar com qualquer equipe.

“Foram quatro passagens e recebi muito carinho. Treinadores, estafe técnico, cozinha, seguranças. Cada um de vocês, pessoas que não estão entre nós, sou muito grato a vocês, ao São Paulo. Vocês transformaram a minha vida, a minha carreira. Vocês abriram as portas do mundo para mim. Muito obrigado. Torcedor, muito obrigado. São Paulo, muito obrigado. Aqui encerra o ciclo. É necessário encerrar esse para iniciar outro. Foram muitas profecias, momentos juntos. Eu acredito que o meu amor por vocês é eterno. Aqui é São Paulo, piiiiiii. Hernanes, o Profeta”, disse Hernanes.

Assista abaixo ao vídeo divulgado pelo São Paulo e o texto da despedida de Hernanes na íntegra.

"Querido torcedor são-paulino. Chegou o momento. É um dos momentos mais difíceis da minha carreira. A hora de dizer adeus a vocês. É difícil conter as emoções, escolher as palavras certas para expressar a gratidão do meu coração. O tanto de amor, carinho e respeito que tiveram por mim. Por isso resolvi escrever uma carta romântica, poética.

As palavras voam para longe, mas o que está escrito permanece. E permanecerá assim, nas minhas memórias, as lembranças, as glórias, as vitórias que vivi em nosso estádio, que por tanto tempo foi minha casa. E que agora está vazio. É ruim, dói me despedir assim longe de vocês, sem vocês por perto. Mas permanecerão para sempre em minha memória, os gritos de vocês com as jogadas que fiz. Nunca esquecerei da emoção que senti no meu primeiro drible que levantou a torcida. Ouvir esse grito no fundo é algo que ficará marcado nas minhas melhores lembranças.

Vocês me deram muita emoção. Foi porque pude emocionar vocês. Era para isso que eu trabalhava. Para isso que eu queria ser o melhor. Vocês emocionaram e retribuíram na arquibancada. Transformaram as ruas em jardins, onde eu encontro um torcedor são-paulino, eu recebia palavras com perfume diferente. Palavras que me emocionavam. Vocês fizeram a minha vida mais alegre. Por isso serei eternamente grato. Queria deixa o muito obrigado ao São Paulo, que me acolheu desde os 16 anos. Cheguei com 16 anos e realizei o sonho de virar profissional com essa camisa, uma das mais importantes do Brasil e do Mundo. Foram quatro passagens e recebi muito carinho.

Treinadores, estafe técnico, cozinha, seguranças. Cada um de vocês, pessoas que não estão entre nós, sou muito grato a vocês, ao São Paulo. Vocês transformaram a minha vida, a minha carreira. Vocês abriram as portas do mundo para mim. Muito obrigado. Torcedor, muito obrigado. São Paulo, muito obrigado. Aqui encerra o ciclo. É necessário encerrar esse para iniciar outro. Foram muitas profecias, momentos juntos. Eu acredito que o meu amor por vocês é eterno. Aqui é São Paulo, piiiiiii. Hernanes, o Profeta”