<
>

Tóquio-2020: Torneio de futebol da Olimpíada desfalcará brasileiros no mata-mata da Libertadores

play
Lugano analisa oitavas de final da Libertadores e diz qual time brasileiro teve 'um pouco de sorte' (1:15)

Atlético-MG, São Paulo, Flamengo, Palmeiras, Inter e Fluminense representam o Brasil nas oitavas de final (1:15)

O torneio de futebol dos Jogos Olímpicos de Tóquio-2020 irá desfalcar os clubes brasileiros na disputa do mata-mata da Conmebol Libertadores.

Isso porque as oitavas-de-final serão disputadas entre as semanas dos dias 13 e 22 de julho, após o fim da Copa América.

O futebol na Olimpíada, por sua vez, começa oficialmente em 22 de julho, quando o Brasil faz sua estreia contra a Alemanha, em Yokohama.

Como os convocados pelo técnico André Jardine já deverão estar no Japão bem antes disso, a participação nas oitavas da Libertadores se torna inviável.

Com isso, os clubes brasileiros podem perder titulares e jogadores importantantes na abertura dos mata-matas continentais.

São os casos, por exemplo, do meio-campista Gerson, do Flamengo, do lateral-esquerdo Guilherme Arana, do Atlético-MG, e do lateral/volante Gabriel Menino, do Palmeiras.

play
1:10

Zupak: 'Tirando o Internacional, todos os confrontos desse lado da chave são bem acessíveis para o Flamengo'

O clube rubro-negro encara o Defensa y Justicia, da Argentina, nas oitavas de final

Além deles, também figuram na lista atual de Jardine nomes como Pedro (Flamengo), Liziero (São Paulo) e Nino (Fluminense).

As quartas-de-final da Libertadores, por sua vez, foram marcadas entre 10 e 19 de agosto.

Com isso, os atletas que forem para o Japão já devem ter retornado ao Brasil, já que o futebol olímpico vai até o dia 7 de agosto.

Daí em diante, caberá apenas aos profissionais de fisiologia determinarem se os atletas terão condições de atuar, devido à exaustão física e ao fuso horário.

A fase semifinal do torneio da Conmebol será disputada entre os dias 21 e 29 de setembro.

A decisão, por sua vez, está marcada para 20 de novembro, no Estádio Centenário, em Montevidéu, no Uruguai, em jogo único.