<
>

Arsenal: Gabriel Magalhães nega 'rivalidade' com ex-Flamengo e vê time pronto para buscar classificação na Europa League

Nesta quinta-feira (15) o Arsenal volta a campo pela Europa League e tem decisão contra o Slavia Praga, na República Tcheca, pelas quartas de final da competição. Na partida, que terá transmissão ao vivo da ESPN Brasil e ESPN APP, a partir das 15h45, os Gunners precisam de uma vitória fora de casa, uma vez que no jogo de ida, em Londres, ficaram no 1 a 1 com os tchecos.

Em entrevista ao repórter da ESPN Brasil João Castelo-Branco, o zagueiro brasileiro Gabriel Magalhães, de 23 anos, um dos destaques do clube londrino na atual temporada, disse que a equipe está mais do que confiante na classificação para as semifinais. Além disso, deixou claro que o título da Europa League se tornou prioridade do time comandado pelo técnico espanhol Mikel Arteta.

"A importância deste jogo é como se fosse uma final para nós, até porque é o nosso objetivo, sabemos que temos toda a capacidade de fazer um grande jogo, conquistar a vitória, então estamos bem focados. Tenho certeza que daremos tudo para voltar para Londres com a classificação", começou por dizer.

"Acho que não estivemos tão bem quanto queríamos na Premier League, claro que faltam seis ou sete jogos, mas agora nesta quinta temos um grande jogo e temos que nos concentrar para este jogo, que possamos conquistar uma grande vitória e voltar com a classificação porque a Europa League se tornou o nosso grande objetivo", prosseguiu.

Gabriel também lembrou do jogo de ida, no Emirates Stadium, e lamentou o gol sofrido pelo Arsenal já nos acréscimos, que fez o Slavia Praga conseguir um empate no território rival.

"Saímos com aquele gosto amargo, até porque estávamos bem na partida, tivemos muitas oportunidades e eles acabaram fazendo um gol no finalzinho. Foi um erro bobo nosso, mas acho que estamos muito confiantes para a partida de volta, sabemos que temos capacidade de conquistar a vitória lá e é isso que vamos fazer, em busca da vitória para voltar para Londres com a classificação", completou.

Primeira temporada no Arsenal

Gabriel foi contratado pelos Gunners após se destacar com a camisa do Lille nas últimas temporadas. Revelado pelo Avaí, ele fez uma avaliação deste período na Terra da Rainha.

"Posso dizer que não está sendo um ano perfeito, até porque se fosse um ano perfeito estaríamos em cima na tabela, mas está sendo um ano de muito aprendizado até porque é o meu primeiro na Premier League, estou muito feliz aqui, já me sinto em casa, pouco a pouco estou aprendendo o inglês. Está sendo uma temporada de aprendizado, que com certeza ficará marcada para o resto da vida, teve momentos de aprendizado, tristeza, mas como eu disse, uma temporada que vai ficar com aquele gostinho. Ainda temos a Europa League, então vamos fazer de tudo para chegar à final, conquistar este título", disse o brasileiro.

Em relação às parcerias que vem construindo no gigante inglês, o brasileiro falou sobre a relação com David Luiz e Pablo Marí, que são da mesma posição. Sobre a disputa dentro do time, o zagueiro deixou claro que não existe qualquer tipo de rivalidade, principalmente com o ex-Flamengo, que tem sido reserva na equipe, enquanto Gabriel jogou mais vezes como titular.

"O David é uma pessoa sem palavras, está sempre me ajudando, o Pablo também, estamos sempre conversando porque ele joga na mesma posição, o que deveríamos ter feito, o que podemos fazer para melhorar, o que podemos fazer. Se é eu ou ele que joga, não importa, não tem essa rivalidade", disse.

"Eu vejo que é (Marí) uma pessoa espetacular e eu vejo o quanto ele torce por mim quando estou dentro de campo, sempre está me elogiando, falando comigo, nos intervalos dos jogos também, o que ele vê ali de fora, no que posso melhorar e vice e versa. Quando ele também está dentro de campo, eu sempre procuro estar conversando com ele, fiquei muito feliz dele ter começado o jogo contra o Sheffield, fazia tempo que a gente não tinha um jogo sem sofrer gols. É uma pessoa muito importante para a equipe, tem uma experiência muito boa", prosseguiu.

"O Rob (Holding) também, é um pouco mais difícil a comunicação com ele, mas quando estamos em campo procuramos nos comunicar ao máximo, como o Mikel pede. Não importa se você fala espanhol, português, chinês, o importante é se comunicar. Acho que, passo a passo, estamos nos comunicando melhor e creio que podemos tornar esta defesa do Arsenal impecável", completou.

Por último, Gabriel ainda falou sobre o atual elenco dos Gunners, exaltou suas qualidades e deixou claro que os ingleses ainda têm muito a crescer sob o comando de Arteta.

"Nós somos uma equipe que, aos meus olhos e aos de muitos também, temos uma equipe de muita qualidade, de jogadores jovens e você vê como o Bukayo (Saka) é uma revelação do time, é um jogador muito jovem que hoje joga na seleção da Inglaterra, temos o Pépé, o Emile (Smith-Rowe), que agora também voltou a jogar, então temos uma equipe muito boa... Creio que temos muita qualidade e se a gente colocar na cabeça como a gente faz, o que o Mikel pede, é um pessoa que sabe muito de futebol, é uma pessoa que nos ajuda muito no dia a dia, então (se) entrar mais na nossa cabeça o que ele quer, tenho certeza que vamos crescer muito taticamente, fisicamente porque qualidade nós temos de sobra", finalizou.