<
>

Alerj aprova Projeto de Lei para rebatizar Maracanã com nome de Pelé

A Alerj, Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro, aprovou nesta terça-feira (9) a mudança do nome do Maracanã, de "Jornalista Mário Filho" para "Edson Arantes do Nascimento", uma homenagem ao Rei Pelé. A mudança foi aprovada em regime de urgência, ou seja, em até 15 dias o Projeto de Lei precisa ser sancionado.

A função caberá ao governador em exercício, Cláudio Castro. E se aprovado, apenas o estádio mudará de nome, uma vez que o complexo esportivo que engloba o local, incluindo ainda o ginásio do Maracanãzinho e o estádio de atletismo Célio de Barros, continuará com o nome de "Jornalista Mário Filho".

O Projeto de Lei (3.489/21) é de autoria do deputado André Ceciliano (PT). Segundo a proposta, as placas que contêm o nome do estádio também deverão fazer menção ao milésimo gol de Pelé, marcado com a camisa do Santos no Maracanã contra o Vasco.

Em 2020, o Maracanã, inaugurado em 1950, completou 70 anos. Seu primeiro nome foi Estádio Municipal.

Antes de ser um dos palcos da Copa do Mundo no mesmo ano da inaguração, o Maracanã recebeu um amistoso entre as seleções do Rio de Janeiro e São Paulo, vencido pelos paulistas por 3 a 1.