<
>

Neymar, após vitória decisiva na Champions: 'Não vim aqui para jogar Europa League com o PSG'

play
O gol que abriu o placar em Manchester United x PSG foi de Neymar; veja como foi (0:28)

O camisa 10 do PSG abriu o placar contra o Manchester United logo aos 6min de jogo, no Old Trafford (0:28)

Após a importantíssima vitória por 3 a 1 sobre o Manchester United, nesta quarta-feira, pela Champions League, o atacante Neymar, do Paris Saint-Germain, celebrou muito o resultado e desabafou sobre as fortes cobranças que fez sobre o elenco no último final de semana, após o empate com o Bordeaux, pelo Campeonato Francês.

Em entrevista ao Esporte Interativo, o camisa 10 do PSG explicou as palavras usadas no "puxão de orelha" público dado nos colegas, e salientou que é um "líder" e "chato" dentro de campo desde que iniciou a carreira de futebolista profissional.

"Acho que me entenderam errado numa coisa: não cobrei companheirismo de jeito nenhum. Companheirismo nosso time sempre teve, mas, dentro de campo, faltava mais simplificar as coisas, correr um pelo outro, ajustar detalhes taticamente, mentalmente também", afirmou.

"Mas aqui é um grande grupo, todos se gostam. nunca faltou isso, é mais dentro de campo, deixar companheiro mais fácil, ajudar na marcação, simplificar passe. Foi o que quis dizer", seguiu.

"Hoje, a gente demonstrou que pode chegar no melhor nível. E isso é óbvio. Qualidade não precisa demonstrar, porque nosso time tem muita", argumentou.

"Se não mudasse nossa atitude, poderíamos desistir (de ganhar a Champions), mas mudamos. Nunca passou pela minha cabeça ficar fora da Champions. Sempre passou que eu consigo crescer, chamar a responsabilidade nos momentos de dificuldade. Não vim aqui para jogar Europa League com o PSG", disparou, citando a competição de 2º escalão da Uefa, que fica como "prêmio de consolação" aos clubes que terminam em 3º lugar na fase de grupos da Liga dos Campeões.

play
0:44

O primeiro tempo quente de Neymar contra o Manchester United

O camisa 10 do PSG discutiu com o compatriota Fred e ainda foi 'caçado' pelo volante Scott McTominay; no fim, vitória por 3 a 1 em pleno Old Trafford, com Neymar fazendo dois gols

"Sempre me senti líder desde os 17 anos, com atitudes, correndo, brigando, falando... Eu me tornei uma figura, não só para o PSG, mas para a seleção brasileira também. Qualquer atitude reflete nos meus companheiros. Sou chato dentro de campo, cobro muito, mas estou também disposto a ser cobrado. Todo mundo está lutando pelo mesmo. Fico feliz de ajudar meus companheiros", finalizou.

Agora, o grupo tem três times com 9 pontos: United, em 1º lugar, Paris Saint-Germain, em 2º, e RB Leipzig, em 3º, seguindo os critérios de desempate da Uefa. Todos possuem chance de classificação, e apenas o Istanbul Basaksehir já está eliminado (e também sem Europa League).

Na última rodada, o Manchester visita o RB Leipzig, dependendo de um empate para se classificar. Já o Paris, que iniciou a rodada em situação bastante complicada, está mais aliviado: recebe o Basaksehir no Parque dos Príncipes e garante a vaga com um simples empate.