<
>

Palmeiras insiste por Villasanti, destaque do Cerro Porteño, e tenta fechar com reforço até domingo

play
Gian Oddi comenta lesão de Wesley: 'Ninguém estava jogando mais que ele no ataque do Palmeiras' (2:15)

O atacante realizou exames nesta sexta-feira que diagnosticaram uma lesão no menisco de seu joelho esquerdo. Ele terá que passar por cirurgia no local e não jogará mais pelo Verdão na temporada. (2:15)

O Palmeiras segue insistindo na contratação do meio-campista Mathías Villasanti, destaque do Cerro Porteño.

No final de outubro, o Verdão ofereceu US$ 2,5 milhões (R$ 13,4 milhões) para ter 70% do atleta de 23 anos, como mostrou a ESPN na ocasião.

As condições, no entanto, não agradaram o time de Assunção, e a negociação não foi para frente.

Todavia, a equipe paulista voltou a abrir conversas com os paraguaios, desta vez com uma nova oferta.

De acordo com apuração da reportagem, a proposta do Alviverde é de US$ 3,2 milhões (R$ 17,17 milhões) por 70% dos direitos de Villasanti.

O Cerro Porteño, por sua vez, ainda tenta chegar a US$ 3,8 milhões (R$ 20,4 milhões) por 80%, de acordo com fontes da diretoria da equipe paraguaia.

A negociação segue, e a intenção do Palmeiras é tentar fechar tudo até domingo, já que, na próxima segunda-feira, a janela de transferências internacionais se encerra no Brasil.

Revelado pelo próprio Cerro, Villasanti é visto como muito promissor e já defendeu a seleção principal do Paraguai, além das equipes de base do país.

O atleta também atuou por empréstimo no Temperley, da Argentina, e no Sportivo Luqueño, do Paraguai, antes de se firmar no Ciclón.

Na atual temporada, ele registra 20 partidas e um gol marcado para o time dirigido pelo ex-lateral-direito Francisco "Chiqui" Arce, ídolo palestrino.

Vale lembrar que, mais cedo nesta semana, o Palmeiras anunciou o zagueiro Benjamín Kuscevic, da Universidad Católica, do Chile.