<
>

Champions: Jornal detona Atlético, Simeone e Diego Costa após eliminação: 'Adiantaram as férias'

play
RB Leipzig derruba Atlético de Madrid de Simeone e enfrenta PSG na semifinal da Champions (1:06)

O triunfo foi um "presente" à equipe que buscou o ataque durante praticamente os 90 minutos (1:06)

Após ser eliminado da Uefa Champions League com uma derrota por 2 a 1 para o RB Leipzig, o Atlético de Madrid foi destruído pelo jornal Marca, da Espanha.

Em sua análise sobre o jogo, o diário fez muitas críticas à postura da equipe colchonera e detonou principalmente o atacante Diego Costa e o técnico Diego Simeone.

Sobre o Cholo, o veículo afirmou que ele demorou demais para mexer na equipe enquanto via o clube alemão ser dono do jogo.

"Um novo baque para seu time. Talvez deveria ter feito algumas mudanças, visto que seus jogadores estavam muito cansados", escreveu.

Sobre Diego Costa, o jornal viu o zagueiro Upamecano, do Leipzig, anulá-lo.

"Até foi bem sem a bola e de costas para o gol, mas não foi capaz de chegar às imediações da meta de Gulacsi com perigo. Ademais, perdeu todos os seus duelos com Upamecano", observou.

O Marca ainda considerou que o Atleti perdeu uma grande chance de conquistar o inédito título da Liga dos Campeões nesta temporada.

"O Atlético não foi capaz de superar o Leipzig e perdeu uma oportunidade de ouro de ir à semifinal. João Félix não foi suficiente, e os jogadores de Simeone adiantaram suas férias", ironizou, já que a temporada 2019/20 dos alvirrubros foi encerrada nesta quinta-feira.

Na análise do jornal, aliás, o único atleta elogiado foi João Félix.

"Teve ótimos minutos e deu vida nova à sua equipe. Mas sua qualidade não foi suficiente para o Atlético", lamentou.