<
>

Último PSG a alcançar semifinal da Champions tinha brasileiros, futuro melhor do mundo e estrela francesa

Neymar liderou uma classificação heroica sobre a Atalanta e recolocou o Paris Saint-Germain em uma semifinal de Champions League depois de 15 anos. Assim, igualou a melhor campanha da história do clube francês no principal torneio de clubes da Europa.

O curioso é pensar que, guardadas as devidas proporções financeiras, o elenco do PSG da temporada 1994-95 tem até certas semelhanças com o atual, que busca o quarto título da temporada, após vencer Campeonato Francês, Copa da França e Copa da Liga Francesa.

Assim como o time atual, o PSG de 15 anos atrás também contava com um trio brasileiro, possuia uma estrela da seleção francesa e era liderado por um atacante que viria a ser eleito o melhor jogador do mundo.

A estrela da companhia era George Weah, atacante liberiano forte e com faro de gol apurado, que mais tarde brilharia com a camisa do Milan. Em 1995, ele foi eleito o melhor jogador do mundo pela Fifa, ficando no meio entre as premiações de Romário, em 1994, e Ronaldo Fenômeno, em 1996 e 1997.

Falando em brasileiros, o PSG de 1995 tinha três: o zagueiro Ricardo Gomes e os meias Valdo e Raí. O principal nome era o camisa 10, contratado após liderar o São Paulo de Telê Santana e que, até a chegada de Neymar, era o brasileiro com mais gols pelo clube.

O elenco parisiense também tinha um famoso jogador francês: David Ginola, que ajudou a equipe a fazer sua melhor participação na Champions antes de ir para a Inglaterra, onde atuou por Newcastle, Tottenham, Aston Villa e Everton. O meia-atacante era presença assídua na seleção da França.

Para chegar à semifinal, o Paris Saint-Germain eliminou o Vác FC, da Hungria, na fase preliminar, e venceu as seis partidas de um grupo com Bayern de Munique, Spartak Moscow e Dínamo de Kiev. Nas quartas de final, superou o Barcelona e só parou no Milan, que mais tarde perderia a final para o Ajax.

Agora, com um elenco muito mais estrelado e caro do que aquele do passado, o PSG tenta superar a barreira da semifinal pela primeira vez. Os brasileiros Thiago Silva, Marquinhos e Neymar, na companhia de Mbappé, Di Maria e Icardi, esperam o vencedor de Atlético de Madrid e RB Leipzig, que se enfrentam nesta quinta-feira (13), às 16h, em Lisboa.

A semifinal está marcada para a próxima terça (18), novamente na capital portuguesa. Do outro lado da chave, estão Barcelona, Bayern de Munique, Manchester City e Lyon. A decisão de quem será o campeão europeu da temporada 2019-20 acontece no domingo (23). Neymar e companhia esperam muito estar lá.