<
>

Premier League: Com dois brasileiros (um no top 10), revista faz ranking dos 50 jogadores 'mais sujos' da história

A revista inglesa FourFourTwo listou os jogadores "mais sujos" da história da Premier League, tendo como critério a maior quantidade de faltas cometidas.

"Estes são jogadores que fazem você saber quem são eles. Que deixam uma marca. Que garantem que você sentirá isso pela manhã. Que colocam um nome nisso, não importa quem esteja em seu caminho. Que chegam lá de alguma forma", diz o texto.

Jordan Henderson, capitão do Liverpool, Raheem Sterling, um dos destaques do Manchester City, Branislav Ivanovic, ex-Chelsea, estão empatados com John Carew na última posição da lista, com 293 faltas cada.

Lenda do Chelsea, Didier Drogba aparece na 40ª posição, com 307 faltas. O primeiro brasileiro a figurar na relação é Fernandinho, referência no Manchester City, com 318 infrações, três a menos do que Vincent Kompany, ex-capitão do time.

John Obi Mikel, ex-Chelsea e apontado como possível reforço do Botafogo, vem na 29ª colocação, com 328 faltas. Wayne Rooney (368), ídolo do Manchester United, é o 18º, enquanto que Mikel Arteta (380), atual técnico do Arsenal, está no 14º posto.

Lucas Leiva, com longa passagem pelo Liverpol, surge na nona posição, por conta de 410 faltas cometidas. Já o top 5 é formado por: James Milner (434), Gabriel Agbonlahor (439), Marouane Fellaini (588), Kevin Davies (605) e o campeão Gareth Barry (633).