<
>

Federação norueguesa 'fura' anúncio da Uefa e confirma: Eurocopa será em 2021

play
André Linares atualiza situação da Espanha e LaLiga em meio ao coronavírus: 'A vida já mudou completamente' (2:09)

Repórter dos canais ESPN falou sobre a pandemia na manhã desta segunda-feira (2:09)

O que já era bola cantada, realmente, vai acontecer: a Eurocopa de 2020 será adiada para o ano que vem por causa da pandemia de coronavírus.

O anúncio foi feito pela Uefa depois de um "furo": a federação norueguesa de futebol foi a primeira a confirmar a decisão.

"A Uefa decidiu que o Campeonato Europeu será adiado para 2021. Será disputado de 11 de junho a 11 de julho do próximo ano. Mais informações em breve", tuitou a NF.

O Estádio Parken, em Copenhague, é uma das 12 sedes do torneio e tem programados quatro jogos da Euro.

Mais tarde, a Uefa confirmou a decisão - a Copa América, que seria realizada mais uma vez em 2020, também acabou adiada.

Nesta terça-feira, a entidade máxima do futebol europeu fez reunião de emergência com suas 55 federações além de seu comitê executivo para definir os rumos nos próximos meses.

"A saúde de todos aqueles envolvidos no jogo é a prioridade, assim como evitar qualquer pressão desnecessária dos serviços públicos nacionais envolvendo os jogos em questão", escreveu a entidade em comunicado.

Os playoffs da Eurocopa, que seriam disputados em março, vão acontecer em princípio no começo de junho.

A Uefa já havia paralisado os campeonatos continentais na semana passada, e os torneios nacionais também foram suspensos pela Europa.